Quadrinho ao Quadrado #16 – Quem Matou o Caixeta?

Sejam bem-vindos ao episódio #16 do Quadrinho ao Quadrado, o seu podcast mensal sobre quadrinhos nacionais.


Neste programa, Judeu Ateu Estranho fazem o décimo sexto episódio de seu podcast semi-novo, o Quadrinho ao Quadrado, um programa cujo objetivo é analisar quadrinhos nacionais. Desta vez, uma análise sobre internet, youtubers, sociedade e quadrinização: Quem Matou o Caixeta? por Rainer Petter

Mês que vem: Open Bar por Eduardo Medeiros

Contato
Sugestões de pauta, sugestões de leitura, dúvidas, elogios, críticas, qualquer coisa! O email para contato é: contato@aoquadra.do

Feed | iTunes

Download (CLIQUE COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE E ESCOLHA A OPÇÃO “SALVAR DESTINO COMO…” OU “SALVAR LINK COMO…”)

Amazon



6 comentários

  1. Eu entendi que ele tirou o “Molde” da cabeça dele e a partir daquele momento ele tava livre para ter outra forma, ele entendeu tudo mas ainda ia começar o processo de mudança.

    • Nem precisa ser a morte de um Youtuber, quando o Bolsonaro foi esfaqueado tiveram muitos comentários sobre o ódio que ele prega ter voltado pra ele, “teve o que mereceu”.

    • Sim, e a cabeça ensanguentada simbolizando auto consciência dos erros.

      Ele enxergou sósias do Caixeta porque só depois do vídeo e da discussão que passou a identificar que esse tipo de comportamento era de alguém com mente fechada e que essas pessoas estavam próximas dele o tempo todo.

  2. As mascaras que os personagens usam, pra mim aparece um pouco a personalidade de quem fala,

    A smilinguido apresenta uma opinião voltada a religião, a mãe do caixeta é tão focada em um pensamento antigo que o personagem dela é pré históricom, enquanto o pai é totalmente um fundamentalista religioso.

    A minha leitura é que isso foi pra apresentar como esse personagem vai se portar sem precisar apresentar, usando do back ground que propria cultura pop ja estabeleceu deles.

    Eu não sei se foi isso que vcs quiseram dizer la pros 24 25 minutos, mas achei válido acrescentar esse pitaco

  3. Esse quadrinho é maravilhoso, lembro de ter acompanhado enquanto ele saia,na época isso de vídeo resposta realmente era muito comum, peguei pra reler pra ouvir o podcast e é tragicamente cômico o número de pessoas dizendo ter orgulho de serem caixetas na última página. Btw uma sugestão de quadrinho nacional: Ye, por Guilherme Petreca

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.