Mangá² #206 – Aku no Hana

Sejam bem-vindos ao episódio 206 do Mangá², o podcast semanal de mangás com a maior crise de identidade de todos.


Neste programa, Judeu Ateu, Estranho e Luki  fazem mais um mangá enquadrado, comentando mais um mangá de um autor favorito do podcast, a obra prima de Shouzo Oshimi: Aku no Hana

Neste programa, damos nossa impressão sobre a obra, o que ela faz bem, no que ela falha, analisamos personagens, metáforas, simbolismos, e comentamos o porquê gostarmos tanto dela ! Tudo isso com spoilers!

Contato
Sugestões de pauta, sugestões de leitura, dúvidas, elogios, críticas, Recomendação do Ouvinte em áudio, qualquer coisa! O email para contato é: contato@aoquadra.do

Feed | iTunes

Cronologia do episódio
(00:30) Aku no Hana
(1:17:00) Leitura de Emails
(1:28:00) Recomendação da Semana – The Promised Neverland

Download (CLIQUE COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE E ESCOLHA A OPÇÃO “SALVAR DESTINO COMO…” OU “SALVAR LINK COMO…”)

9 Respostas para “Mangá² #206 – Aku no Hana

  1. Acabei de vir da live para aqui. É uma boa ideia falar para ouvirem o ultimo podcast (o face não me avisou sobre esse).

  2. Não ouvi o programa ainda, mas fico feliz de terem sugerido o the promised neverland, to adorando esse mangá!

  3. Eu consegui ler o mangá 2 vezes e nem me passou pela cabeça que o tema principal era crise de identidade.
    Agora mudou tudo pra mim. Vou tentar ler todas a obras do autor deixando essa por ultimo pra ver o que eu pego mais.
    Valeu.

  4. Ouvi o podcast assim que terminei de ler o mangá, sinceramente no começo fiquei bem decepcionado, pois parecia um daqueles roteiros de hentai genérico.
    Mas minha visão do mangá mudou completamente quando rolou o negocio do suicídio no festival, pois sinceramente eu só imaginei duas soluções ali.
    1-Os dois morriam ali mesmo e acabava o mangá
    2-O kasuga arregava na ultima hora
    Mas achei muito corajoso o caminho que o autor seguiu pra min a parte pós time skip foi mil vezes melhor,

    Sobre o rencontro com a nakamura, eu pensei no pior, nela estar num hospício com uma camisa de força, mas no fim ela era uma criança que não sabia nada do mundo, pelo menos foi essa a interpretação que tive da nakamura.

    The Promised Neverland serio?
    Achei o mangá bem mediano, o pessoal ta superestimando demais, por que foge um pouco do shonenzão de porrada genérico que geralmente sai na jump, acredito que no futuro vocês vão se arrepender de ter feito essa recomendação

  5. Um dos Mangás Enquadrados que mais curti!

    Essa releitura foi extremamente prazerosa, pois da primeira vez eu li com 16 anos e acompanhando mensalmente, com uma scan que às vezes demorava dois meses ou mais pra lançar um novo capítulo. O que me deixava bem confuso.

    Lendo tudo de uma vez agora e tendo uma mentalidade mais amadurecida, deu pra entender melhor os conflitos e simbolismos da obra. E o que eu não saquei muito bem, o pessoal do Ao Quadrado soube argumentar de maneira excelente sobre os pormenores da obra. Ela realmente subiu muito no meu conceito!

    PS: Ainda continuo não gostando do que fizeram com o anime, haha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s