Leléologia – Kaptain Kristian

Quem está acompanhando os vídeos que eu tenho lançado nos últimos meses (veja aqui) deve ter percebido uma significativa evolução no visual e na edição. A verdade é que decidi aprender fazendo, estudando o estilo e as técnicas de alguns bons canais com formatos parecidos. Isso me fez observar os vídeos de forma mais técnica e revelou à mim alguns aspectos que passavam despercebidos na produção audiovisual desses canais. Neste e em futuros textos vou recomendar canais que me inspiraram, enquanto analiso alguns aspectos deles e explico quais elementos eu usei de referência, para estudo ou que simplesmente copiei descaradamente (sem cruzar nenhuma linha legal, eu espero).

Eu poderia começar com os canais mais famosos, e que foram minhas inspirações primordiais, como Nerdwriter ou Vox, mas aqui irei focar em um que usei de referência para o vídeo mais recente: Kaptain Kristian.

1-kaptainkristian

Com mais de 200 mil inscritos, esse é um dos canais com maior qualidade de motion graphics no meio das video essays. A premissa do canal é analisar obras artísticas, geralmente mantendo-se em assuntos “nerds” como quadrinhos, filmes e séries. O canal tem uma identidade muito clara, com a edição fluída e cheia de camadas, a narração sóbria, no ponto certo para não ser monótona, e um ponto de vista que beira ao ranzinza, mesmo fazendo muito sentido – quando fala bem de Calvin e Haroldo, ele precisa jogar uma crítica a Garfield; quando defende Perna Longa, precisa desprezar o Mickey.

Ao assistir os vídeos desse canal pela primeira vez, eu senti uma dor no coração – dor esta que permanece comigo desde então – ao notar que a qualidade visual é quase inalcançável pra mim. Inveja é um sentimento feio, mas não vou negá-lo. A qualidade começa já na vinheta de abertura, com um conceito visual e sonoro simples, mas extremamente reconhecível e eficiente.

É invejável o modo como ele consegue colocar sua assinatura nos vídeos sem expor a própria persona, deixando o conteúdo um impessoal e cheio de personalidade ao mesmo tempo.

Mas característica que mais me impressiona no Kaptain Kristian é mesmo o motion graphic, e também o que mais me inspira. Ele constrói as camadas de seus vídeos de modo a dar vida ao que está na tela, criando transições sutis e dificilmente fazendo cortes secos. Se ele precisa mostrar Todd McFarlane e logo depois falar do quadrinho de Spawn, ele escolhe uma foto do autor segurando sua obra e, depois de apresentar o criador, apresenta a criação no mesmo movimento de “câmera”.

Isto está presente em todos os vídeos dele e eu tentei transmitir uma sensação parecida no meu vídeo. Em um momento, imitei literalmente o conceito da capa servindo como conexão entre um tópico e outro. Tentei utilizar melhor o motion graphics, transmitindo a noção de que o vídeo é um espaço restrito em que as imagens e vídeos se tornam objetos físicos, passeando pela tela da forma mais fluida possível.

Assim usei o capuz do Spacifica de Spirit Circle para criar o fundo preto do mágico de Annarasumanara. Decidi que até as barras pretas dos filmes seriam elementos palpáveis e animei-as toda vez que entravam em cena. E, quando não era possível criar uma conexão fluída, usei as transições mais suaves do Sony Vegas, evitando cortes simples e secos.

Essa linguagem fluida encaixa perfeitamente com video essays, criando basicamente um curta de animação para acompanhar o conteúdo analítico. Em conteúdos como vlogs ou sketchs, esse conceito precisa ser usado em menor intensidade, já que cortes mais simples são quase inevitáveis e podem até acrescentar a narrativa.

O estilo de escrita do Kaptain Kristian não me inspira tanto e as críticas azedas algumas vezes parecem um pouco azedas demais, quase como uma tentativa de polemizar o assunto tratado. Ainda assim, isto faz parte da identidade do canal e encaixa perfeitamente com todo o resto.

Portanto, o conceito que estou aprendendo com Kaptain Kristian é: Fluidez visual. Pra quem não conhecia o canal, recomendo fortemente que se inscreva e acompanhe, pois ele continua lançando vídeos incríveis e… Eu ia dizer que os vídeos ficam cada vez melhores, mas seria mentira, porque eles são igualmente maravilhosos desde o primeiro.

Ele devia trabalhar com isso há tempos, né? Ou vai ver ele contrata uma empresa pra fazer por ele!

Droga, que inveja.

5 Respostas para “Leléologia – Kaptain Kristian

  1. Leonardo, não preciso dizer que o texto está ótimo, já que isso é uma constante, mas os vídeos estão tão bons quanto, é até difícil esperar um mês para ver o próximo rs.
    Só uma pergunta, além do Sony Vegas, quais programas você está usando na edição dos vídeos?

    • Pra edição em si, é basicamente só o Sony Vegas mesmo. E uso um Photoshop antigão pra algumas imagens e thumbnail e o ClipConverter pra converter e baixar alguns vídeos.

      • Entendi, achei que usava mais algum programa para fazer as animações e talz.
        Valeu

    • Opa, poderia mandar os vídeos que tu faz? To com dificuldade de achar conteúdos pt-br parecidos por aí pra assistir, e até pra ter alguns pontos de referência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s