A Dinâmica Visual de Haikyuu!!

Haikyuu ganhou um anime muito elogiado, mas o mangá mantém qualidades muito únicas e dignas de análise. Nesta análise, Leonardo Souza adapta e aprofunda este post para demonstrar os paralelos do mangá de Haikyuu com animações.

Créditos:

Bibliografia:

Illusion of Life

What’s in an OP? – Haikyuu’s Breathtaking Animation – Mother’s Basement

SQUASH & STRETCH: The Animation of Jak & Daxter – Extra Frames

Chuck Jones – The Evolution of an Artist

Bugs Bunny – The Origins of and American Icon

Obras Citadas:

Haikyuu (Haruichi Furudate)

Haikyuu Anime (Production I.G.)

Kiben Gakuha, Yotsuya-senpai no Kaidan (Haruichi Furudate)

Kokou no Hito (Shinichi Sakamoto)

One Punch-Man (ONE/Yusuke Murata)

Vagabond (Takehiko Inoue)

Inuyashiki (Hiroya Oku)

Dragon Ball (Akira Toriyama)

Dragon Ball Evolution (James Wong)

One Piece (Eichiro Oda)

Doraemon (Fujiko Fujio)

Peppa Pig (Astley Baker Davies)

Helter Skelter (Kyoko Okazaki)

Dark Knight III (Frank Miller)

Takemitsu Zamurai (Issei Eifuku/Taiyou Matsumoto)

Donald Duck: Wide Open Spaces (Walt Disney/Jack King)

Porky and Gabby (Ub Iwerks)

Shin Takarajima (Osamu Tezuka)

Storyboard de Vidas ao Vento (Hayao Miyazaki)

Dororo (Osamu Tezuka)

Tetsuwan Atom (Osamu Tezuka)

Wolf Children (Mamoru Hosoda)

Mai Mai Miracle (Sunao Katabushi)

Making Naruto the Movie – Inside the Animation Studio (Viz Media)

Space Dandy (Bones)

Naruto Anime (Pierrot)

Bakuman (Tsugumi Ohba/Takeshi Obata)

Hungry Joker (Yuki Tabata)

Bleach (Tite Kubo)

Natsume Yuujinchou (Yuki Midorikawa)

Gantz (Hiroya Oku)

Sailor Moon (Naoko Takeuchi)

Músicas:

Covert Affair – Film Noire

Muse – Supremacy

Les Deux Love Orchestra – The Moth and the Flame

7 Respostas para “A Dinâmica Visual de Haikyuu!!

  1. Poxa, fantástico, adorei.
    hmmm…. depois (não precisa vídeo é só opinião mesmo) Leonardo, queria sua opinião da narrativa visual dos qadirnhos de Jack Kirby e Masami Kurumada.

    Grata.

    • Putz, sou meio relapso com conteúdos mais antigos, li muito pouco. Do Jack Kirby eu só sei um pouco sobre a relevância histórica. Tem alguma obra específica dele que me recomenda?

      • Kamandi, OMAC, que são as coisas mais alternativas dele dentro da própria DC.
        Qualquer coisa dele relacionado com o Quarto Mundo em especial Novos Deuses, que a grande obra dele na DC, tanto que o Terra Zero, site do podcast Comicpod, fez uma edição sobre o quarto mundo.
        E claro Captain America Comics 1, na época que a Marvel nem existia, que era ainda a Timely Comics.
        O problema do Kirby na Marvel é que o gibi era feito a duas mãos, então vai lá saber porque, o Stan Lee enchia a página de roteiro desnecessário.

  2. Conteúdo excelente, Leonardo. Muito bom mesmo. Gostei do comentário referente ao uso cuidadoso dos tons de cinza. É uma característica que percebo principalmente em shonens mais recentes,- como se fosse uma tendência – tendo em Boku no Hero Academia e Promissed Neverland bons exemplos. Dragon Ball é bem preto e branco, se me lembro, Hunter X Hunter também é assim e One Piece só usa o cinza em algumas poucas ocasiões.

    • O Oda melhorou e muito, mas mesmo assim até hoje detesto as cenas de batalha em One Piece, é sujeira demais, hachuras demais, uma confusão só, nunca entendo nada. Sempre passo correndo pelas lutas em OP.
      A narrativa visual do Oda está longe de ser das melhores, quando as coisas estão calmas gosto muito de OP, mas as lutas, é sofrimento demais para mim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s