Mangá² #186 – Originalidade

Sejam bem-vindos ao episódio 186 do Mangá², o podcast semanal de mangás mais desoriginal da história.


Neste programa, Judeu Ateu, Estranho e Leonardo Souza fazem mais um episódio clássico do mangá², desta vez comentando sobre originalidade. O que faz algo original? O que é ser único na arte? Existe algo verdadeiramente genérico?

Contato
Sugestões de pauta, sugestões de leitura, dúvidas, elogios, críticas, qualquer coisa! O email para contato é: contato@aoquadra.do

Feed | iTunes

Cronologia do episódio
(00:20) Originalidade
(42:00) Leitura de Emails
(53:30) Recomendação da Semana – Short Cuts

Download (CLIQUE COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE E ESCOLHA A OPÇÃO “SALVAR DESTINO COMO…” OU “SALVAR LINK COMO…”)

11 Respostas para “Mangá² #186 – Originalidade

  1. Excelente o tema desse podcast, sou da filosofia que não existe ideia 100% original, afinal toda a ideia que nos temos é derivada de algum conhecimento ou experiencia anterior, mesmo que inconscientemente, o que não é nenhum desmérito.

    Por exemplo naruto não é a primeira historia de ninjas e nem será a ultima, mas o kishimoto conseguiu colocar na historia dele uma certa essência, que difere ele de todas as outras milhares de historias de ninjas.

    Mas como vocês disseram isso não deve ser usado como desculpa para pragio, não é porque eu gosto de one peac que eu vou fazer a historia do viking bobão e comilão, que ganhou poder de se esticar apos comer o pão do diabo e tem o sonho de ser o rei dos vikings.

    Tambem tem a questão de que é possivel se criar algo original junto ideias diferentes, por exemplo o death note que acho uma ideia muito boa, nada mais é que a junção de dois conceitos bem comuns no nosso mundo um caderno mais a morte.

    E entrando no tema desse podcast queria deixar a recomendação da hq spectrus a paralisia do sono, que trabalha um conceito bem batido, que é o sonho de uma maneira bem interesante.

  2. Estudante de Psicologia – Brasilia – 21 anos

    Quando pensamos em originalidade podemos pensar num conceito para analise do comportamento (uma abordagem da psicologia) a variabilidade comportamental, na qual coloca que mesmo quando fazemos a mesma coisa por exemplo desenhar um circulo, a pressão colocada no pincel, o pincel utilizado, a cor da tinta, eu estar com a mão quebrada por ter me metido numa braga ontem, tudo são elementos que mudam a composição e podem até interferir na qualidade do meu circulo, desta forma mesmo que pareça ser idêntico, sempre o que fazemos é diferente, a partir disto e extrapolando um pouco o conceito, podemos falar que toda obra seja mangá ou não seria unica e original, desde que não seja um plagio total e descarado podemos chamar uma obra de original, pois ele teria como característica esse remix de referências e influência tais como as obras que tanto amamos, desta forma venho a pensar que originalidade não quer dizer nada sobre se uma obra é boa ou não, pois toda obra seria original até certo ponto, o que contaria para a qualidade da obra seria a execução, a técnica, o ritmo da narrativa, quadrinização, criação e evolução dos personagem, os elementos da narrativa etc…

  3. Excelente cast!
    Fairy tail é a coisa menos original da história da humanidade, talvez a menos original da história do universo desde o big bang, já foi um dos meus mangás favoritos até mais ou menos o volume 40, atualmente é broxante ler fairy tail. Ainda leio semanalmente só pra saber como vão terminar as cagadas do autor.

  4. Não tenho muito conhecimento sobre originalidade para acrescentar aqui, mas queria dizer que Ao quadrado me ajudou bastante. Há uns 4 meses atrás, comecei uma maratona de ao quadrado, e fui absorvendo algumas de suas dicas e opiniões ,para que, durante a minha fase de criação de HQ, pudesse fazer algo um pouco mais fora da caixa. E realmente, peguei um pouco de tudo e fiz um remix nele. Parabéns e obrigado pelas pautas, elas são de boa recomendação para as que querem criar sua própria história!
    E ahh, o quadrinho está disponível online, ele se chama “O Barco da Mumi” https://smocci.com/obra.php?id_obra=4423. Ficaria muito feliz se vocês lessem<3
    Abraços!

        • Simplesmente linda a historia!!!
          De tocar o coração.
          Seu traço é realmente lindo, combina com toda a narrativa, porém não gostei da forma que você coloca a indicação de alguns eventos, tais como no segundo cap. pag 14 e 15 onde tem “mais tarde, essas crianças … ” e “voltando ao foco” e na pag 17 se me lembro indicando os caminhos, acho que essa ferramenta que você utilizou para indicar certas característica do ambiente e auxiliar o leitor foram desnecessárias, sendo que seu traço já nos guia de forma perfeita, além dessas acho que muitas poderiam ser removidas, devido ao fato que seu traço ou as falas já indicam o que seriam o conteúdo, ficando redundante, mas tirando essa ressalva é uma das obras mais tocantes que li nesse semestre.

  5. Pingback: Como Criar seu Mangá Shounen de Sucesso - Blog Aho!·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s