Mangá² #150 – Pergunte ao Mangá²

Sejam bem-vindos ao episódio 150 (!) do Mangá², seu podcast semanal que jamais pensou que chegaria a este número.


Neste CENTÉSIMO QUINQUAGÉSIMO programa, Judeu Ateu e Estranho fazem, como virou tradição de 50 em 50, um programa mais pessoal, desta vez respondendo as perguntas que os ouvintes enviaram para nós sobre qualquer coisa!

E na recomendação da semana, fazemos uma Revisão Bibliográfica do nosso histórico de recomendações!

Contato
Sugestões de pauta, sugestões de leitura, dúvidas, elogios, críticas, qualquer coisa! O email para contato é: contato@aoquadra.do

Feed | iTunes

Cronologia do episódio
(00:22) Pergunte ao Mangá²
(43:30) Leitura de Emails
(59:30) Recomendação da Semana – Revisão Bibliográfica

Download (CLIQUE COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE E ESCOLHA A OPÇÃO “SALVAR DESTINO COMO…” OU “SALVAR LINK COMO…”)

25 Respostas para “Mangá² #150 – Pergunte ao Mangá²

  1. Haikyuu ta perto do fim?

    eu ja comecei a algum tempo(não foi so por recomendação daqui), mas vejo por maratonas e acabo fazendo pausas grandes parei da ultima vez pelo 12° volume.

      • Ah ok, achei que quando ele disse de açguns capitulos pra se provar melhor que SD é porque estava na reta final

  2. Parabéns pelos 150 episódios, não é qualquer podcast que aguenta :). Continuem sempre assim, melhorando a cada programa.

  3. Eita caraio, 150 programas já. Parece que foi ontem que tava saindo o primeiro e eu tava vendo a criança nascer. Parabéns pelo ótimo trabalho de vocês e que venham mais muitos bons programas pela frente. Ouço com bastante frequência enquanto faço exercício físico ou tô indo pro trabalho, que pra mim são as melhores horas pra ouvir algo, e acabo pensando em ideias pra vir postar nos comentários depois mas acabo quase sempre esquecendo (vou tentar me esforçar pra comentar mais aqui ainda, peço perdão pelo vacilo)…

    Also, uns comentários:
    – Quem pediu mangagrafia de “Nobuyuki Fujimoto” provavelmente devia estar falando do Fukumoto do Kaiji, Akagi, Strongest Man Kurosawa, etc… mas achei um Fujimoto que aparentemente foi roteirista do anime de Doraemon pelo que entendi (já que o mangá é dos Fujiko Fujio). Com certeza não é isso que a pessoa queria, mas fica aí a curiosidade http://www.animenewsnetwork.com/encyclopedia/people.php?id=8026

    – Na hora que tavam falado das decepções eu só tava esperando a hora que o Estranho ia citar Medaka Box, ahaha (eu era um dos que mais elogiava e recomendava na época mas, de fato, ainda gosto pra cacete, mas devo admitir que é um treco bem ame-ou-odeie mesmo e consigo entender perfeitamente quando falam que não gostam)

    Enfim, parabéns e sucesso, caras!

    • Sim, Nintakun, exato, errei ao escrever (peço mil perdões para o pessoal do Mangá² pelo mal entendido). Esse autor é um dos mestres do Seinenzão Psicológico aí e nunca consegui achar gente que fale dos seus padrões e temas de forma muito detalhada

      • Pior que pouca gente por aí leu as coisas dele, e menos ainda tiveram contato com algo além de Kaiji ou Akagi dele. Gosto muito dos mangás dele que eu li (tanto que Strongest Man Kurosawa é um dos meus favoritos).

        • Sim, adoro esse mangá! Também curto Buraiden Gai, mas Kaiji só vi o primeiro episódio do anime. Ele trabalha a questão de natureza humana de forma primorosa. Kurosawa tem uma continuação saindo agora, mas aqui está on-hold, algum dia eu retorno a lê-lo

  4. Estou ansioso para ler o texto sobre o trágico fim de Naruto. Era um mangá que eu realmente amava, mas hoje quando olho para trás só sinto desprezo.

  5. conheci vocês a partir da primeira participação do kitsune la no começo, foi meu primeiro podcast e o meu favorito, e hoje inspirado por vocês criei meu blog de merda

    e o judeu virou putinha de haikyu parece que nunca jogou volei na vida , haikyu é legal e só

    • É isso aí! Legal é ser um hipster frio e sem sentimentos, tirando sarro de todos que tem uma paixão por alguma coisa, vivendo sujo e sarcasticamente tudo de incrível e belo que o mundo tem a oferecer.

  6. Eu acredito muito na possibilidade do Podcast chegar na casa dos milhares. A interlocução, a dedicação e o entrosamento entre vocês e os convidados são tão bem feitos que imagino que os únicos empecilhos sejam o próprio mercado de mangás no Brasil, que nos “nichiliza” tanto, e a falta de marketing. Enfim, continuem a produzir conteúdo. Abraços.

  7. Interessante o comentário do Estranho sobre o pai dele.

    Não deu pra saber direito em que momento do podcast que ele falou aquilo (infelizmente sou burro e desmemoriado, então não sei se o que vou dizer agora vale pro começo do programa), mas apesar da temática ter o mangá em foco quase todo tempo, sempre pensei no desenvolvimento como uma coisa bastante abrangente.

    Pra qualquer um que acompanha e se interessa por cinema ou literatura, que talvez pras discussões propostas pelo Mangá² sejam as mídias mais próximas dos quadrinhos, o podcast pode acrescentar muito em conteúdo e a compreensão é relativamente fácil.

    Ou não, pode ser também que por já estar tão alienado nesse nicho que a gente nem percebe mais o quanto isso pode parecer alienígena pra quem não tem nenhum conhecimento…

    Mas, apesar de não concordar com a posição de vocês em relação a vários assuntos, a experiencia de vir ouvindo o programa quase do começo é bem enriquecedora. De diversas maneiras, até porque só ver o lado de quem concorda com você não é nada saudável.

    Desde o começo vi o trabalho de vocês como “de fã para fã”, inclusive o que me atraiu e continua me atraindo mais do que o conteúdo em si, que é claro que também é muito importante.

    Uma conversa franca, indo um pouco além do lugar comum, sobre uma coisa em comum que nós gostamos.

    Enfim, não sei se assinaria o contrato por mais 50 episódios, no entanto não me importo com mudanças (na verdade gosto delas) e nem com uma descontração maior no formato a partir de agora.

  8. Acho que acompanho o podcast desde antes do 50, e a conversa de vocês sempre agrega a minha visão sobre mangás, ficção e a vida num geral. PARABÉNS!
    Se um dia quiserem chamar alguém que “desenha” pra um podcast relacionado à arte, tô aqui (deve ter gente muito mais competente e que realmente trabalha com isso por ai, mas enfim).

  9. Nome: Gean Vitor Corrêa.
    Ocupação: Estudante do segundo ano do ensino médio.
    Idade: 16 anos.
    Cidade: Coronel Macedo – SP.
    “Oyasumi Punpun ou Haikyuu!!?” foi a melhor pergunta que já fiz para vocês, e nunca achei que iria gostar tanto da resposta. Vocês acham que Haikyuu!! é um potencial segundo “mangá perfeito” da história? (Ao lado de Fullmetal) E é meio ruim pensar que outro episódio especial do Mangá Ao Quadrado vai demorar quase um ano para sair. Gostei bastante deste. No meio deste episódio fiquei com uma pulga atrás da orelha. Se não me engano, você, Estranho, disse que se o autor de Haikyuu!! fizesse algo você o colocaria no top 2, é isso mesmo ou eu ouvi errado? “Té” mais Judeu, Estranho.

  10. Nossa, o tempo passa mesmo, lembro que conheci o programa lá pelo episódio 13, a partir de algum blog parceiro de vocês.
    Não precisem ter medo em afirmar, ou sentir arrogância, mas concordo plenamente que vocês são o melhor podcast de mangá do Brasil.
    Me considero chato e exigente com podcasts e quando gosto de um sigo rigorosamente as publicações. E se venderem camisa, podem ter certeza que eu comprarei.
    Cara como falar de vocês que me recomendaram vários do mangás que estão entre os melhores que já li e me apresentaram ao gênio amado e idolatrado Inio Asano. E tantas outras obras como Innocent, Slam Dunk, It Not my fault…., Gen, Bradherley no Basha, annarasumanara, Onani Master, The Music of Marie e tantos outros.
    Claro tem aqueles que também não consegui gostar como Kokou no hito e Lucifer e o Martelo.

    Agora será que esse hype do Hhaikyu é real, vamos ver vou começar a ler.

    Que ainda tenha muito mangá²
    Parabéns aos dois.
    E ainda bem que não somos fãs japoneses faríamos fanfic yaoi com vocês.

  11. Mais um ciclo se completa, parabéns à dupla pelo excelente trabalho no melhor podcast de mangás do Brasil, e quiçá, do mundo!

    Comentando um pouco das recomendações:Punpun e Solanin são duas obras que li meio que na mesma época que vocês foram recomendando e que também havia um murmurinho pelas redes sociais… então não vou atribuir os créditos dessas duas obras exclusivamente à vocês hehe
    MAS se tem três obras que foram experiências únicas de leitura e que nunca leria se não fosse por vocês foram Annarasumanara, Kokou no Hito e Dorohedoro. E uma obra que eu dava absolutamente nada e que se tornou uma das minhas favoritas de todas foi Lúcifer e o Martelo, que apesar de não ter a experimentação de tudo que citei antes, é um roteiro simplesmente incrível.
    Algo que não gostei? Abara, too deep for me (e nem foi recomendação oficial, ficou só no enquadrado mesmo).

    Novamente, parabéns e abraços!

  12. Tenho 21 anos, acabei de virar pai, morando com a mulher, entrei na famosa vida de pai de família. rs. Comecei a ouvir o podcast a pouco tempo, baixei vários pra escutar sempre.

    Vocês tem alguma dica para eu fazer minha mulher começar a ler mangás? Eu não tenho muitos físicos, já que quase sempre Ieio por scans, os que tenho(DGMan e Ao No Exorcist) não são bons exemplos de enredo, pois só comprei pela arte(curto muito desenhar). Estou lendo Dohorohedoro e adorando, outro nível de mangá, mas a arte deixa a desejar, por isso acredito que não é a melhor porta de entrada do mundo dos mangás para minha esposa.

    Obrigado pela bela indicação, Dorohedoro é foda, estou no 8o vol. E que história e essa de Time Estranho vs Time Judeu? Algum dos dois gosta menos de dorohedoro que o outro? Qual a treta?

    Grande abraço.

  13. Deixo meus parabéns pelos 150 podcasts feitos! Comecei a acompanhar antes do primeiro podcast aquele blog do Mangás Undergrounds no blogspot, e foi aquela review de Hotel e Island que me fez eu acompanhar mangás e o podcast. Em relação aos haters, acho que vocês lidaram bem com isso até mesmo pelo tipo de podcast que vocês fazem (para quem não sabe, o nome do cara que causou aqui começa com ‘T’ e termina com ‘S’). Ainda bem que terminou tudo bem, daqui em breve vai ter um novo site chamado MyGasp com podcast e colunas de entretenimento em geral com os membros do antigo EMD mais algumas pessoas.

    Falando dos blogs de mangás, penso que deu uma caída mesmo em relação a 2010-2012 (época de ouro da blogosfera) por que o pessoal que tocava esses projetos cresceu, tomou responsabilidades e ficou sem tempo para postar, além do pessoal que vazou para outros tipos de mídia. A mesma coisa aconteceu com os scans também. Hoje em dia eu vejo alguns sites novos que se saem bem, como o Shoujismo, Otaku Pós Moderno e a volta do Another Mirai no Medium.com. Em relação a meu blog, fiz um post lá comentando que irei parar por um tempo e voltar daqui a alguns meses com um novo projeto no Medium.com

    Eu nunca chorei em mangás (Immortal Rain quase me fez, é um dos melhores romances que vi), o único anime que me fez “suar pelos olhos” foi o Clannad: After Story, hoje em dia eu sou uma pessoa bem sisuda e não choro com nada, por mais que seja triste a história. A maior decepção que tive em mangás foi Brynhildr e o final de Koe no Katachi.

    Terminando, o final de Naruto foi um lixo mesmo, totalmente fanservice. Não opino em relação a Naruto Gaiden e o último filme pois não vi. Tomem cuidado para vocês não ganharem haters com esse post do Judeu Ateu de Naruto,rsrs. Acho que uma boa ideia para frente seria investir mais no segunda potência e colocar leitura de e-mails lá.

  14. parabéns judeu e estranho. Uma pergunta pro Judeu: ainda acha soul eater o melhor shounen da geração? ou outro manga(tirando haikyuu) ocupa essa posição.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s