Mangá² #109 – E se… fosse feito por…?

Sejam bem-vindos ao episódio 109 do Mangá², o podcast semanal de mangás poderia ser feito por outros blogueiros.


Neste programa, Judeu Ateu, Estranho, Rubio Paloosa, Gustavo Boxa e o novato Leonardo Souza brincam com as possibilidades. E se o mangá X fosse feito pelo autor Y? Ouça algumas teorias malucas e combinações perfeitas nesse podcast que foi uma enorme pescaria.

Contato
Sugestões de pauta, sugestões de leitura, dúvidas, elogios, críticas, Recomendação do Ouvinte em áudio, qualquer coisa! O email para contato é: contato@aoquadra.do

Links
Loop Scans

Feed | iTunes

Links Comentados
Leitura nos tempos da Internet e senso de urgência

Cronologia do episódio
(00:00:20) E se… fosse feito por…?
(01:00:05) Leitura de Emails
(01:11:40) Recomendação da Semana – Tools Challenge

Download (CLIQUE COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE E ESCOLHA A OPÇÃO “SALVAR DESTINO COMO…” OU “SALVAR LINK COMO…”)

19 Respostas para “Mangá² #109 – E se… fosse feito por…?

  1. Acho que esse episódio deveria ter o título de “tarrafa”. O tanto de peixe que tentou pegar…
    _________________________
    E a menção à Gokudera do Reborn me lembrou de uma piada muito infame (e antigaça) do Tocast: se adicionar algumas letras vira “dê o ku agora”.

  2. .acabei pegando spoiler do final de slam dunk na leitura de emails ,mas foi burrici minha devia ter pulado

    eu queria ver bleach com a arte do oh great e roteiro da arakawa
    e voces lembram daquele mangá de mafia do kishimoto ,bem que ele podia ter feito reborn

  3. Bacana. Cheguei a fazer uma brincadeira semelhante no facebook há alguns meses.

    * One Piece no controverso viés ~poético~ do Kubo (em que cada capítulo daria um volume): http://i.imgur.com/tK1QWQf.jpg

    ** E – quase que adivinhando o pensamento do Judeu – o final de Assassination Classroom (caso fosse roteirizado por uma Yumi Hotta da vida e, consequentemente, se o Matsui tivesse alguma sensibilidade narrativa): http://i.imgur.com/JdUPvh0.jpg

    *** Kishimoto fazendo One Piece… http://i.imgur.com/HAtDQfs.jpg?1 (tá, esse é sacanagem).

    **** Aliás, aproveitando o gancho, uma boa pedida é o “99 Ways to Tell a Story: Exercises in Style”, do Matt Madden, que, como o próprio título revela, traz uma única história desenvolvida de 99 maneiras, mostrando como a percepção do leitor varia de acordo mudanças formais, narrativas e/ou estilísticas >>> http://imgur.com/a/tBvoa

  4. Sobre a suposta enrolação do Takehiko Inoue em Vagabond que vocês mencionaram brevemento:
    Vagabond é baseado na vida de um personagem histórico (Musashi), por isso pode não parecer muito dinâmico em alguns momentos (vida real não é tão empolgante quanto ficção). Ao trabalhar no roteiro, o Inoue está “preso” a uma história que já existe, se parace “enrolação” para você(s) não acho que seja por falta de competência do roteirista (Inoue) e sim porque tal fase/aspecto da vida de Musashi não o(s) apetece(m).

    • Eu não leio Vagabond, então o que vou falar é totalmente baseado no seu argumento.
      Não compro isso de que “a vida real é assim, por isso é enrolado”. Se a passagem é maçante, o autor tem que ter o trabalho de analisar narrativamente essa parte e tentar torná-la menos pesada pro leitor. É mais ou menos o que ele faz em REAL, onde a passagem do Takashi é sempre demorada e maçante, mas está sempre contra-balanceada pela trama dos outros dois protagonistas, que amenizam o ritmo da leitura.
      Resumindo: se a passagem é problemática narrativamente na obra original (os livros do Musashi no caso), não quer dizer que o autor tem que migrar esse problema para sua obra. Igual o final de Senhor dos Anéis que falamos no podcast.

      • Vocẽ menciona a técnica de narração de REAL que deixaria a coisa dinâmica, mas AINDA ASSIM você diz que é maçante. Ou seja, mesmo o roteirista sendo competente, o problema persiste (e olha que REAL é totalmente ficção). No final das contas, você concordou comigo =) . Enfim, não vejo enrolação em Vagabond já que todos os arcos até agora são baseados em fases importantes da vida de Musashi (essa sempre foi a proposta da série), acho que é um mangá de nicho, se alguém acha enrolação, provavelmente este alguém nunca teve interesse prévio na história do personagem

  5. A trama de GANTZ desenhada pelo Oh! Great e roteirizada por alguem competente seria fenomenal, sobre Saint Seiya na verdade qualquer um melhoraria essa série (Lost Canvas e Episode G tão aí pra mostrar, não são perfeitos mas dá pra ler de boa), o Cast ficou muito bom, e queria música que vocês usaram no início desse cast, muito obrigado.

  6. Muito bom, mesmo, muito bom.
    Nossa, vocês estavam on-fire, tantas possibilidades, tantas mash-up, e foram bem profundos indo considerando coisas como arte de fulano com roteiro de beltrano.
    E, apesar de eu gostar da arte do Kurumada (tem gosto pra tudo) concordo com o Estranho, CDZ em mãos alheias poderiam ir muito mais além.
    Imaginei a muito tempo como seria cavaleiro na mão de Kentaro Miura, provavelmente o Seiya seriam alguém mais digno, o poder da amizade iria ter um refez muito bizarro, em algum momento Saori iria se foder legal (e tudo ficar moe), e a arte seria linda. E tudo seria mais pesado também.
    Mas CDZ poderia ficar legal também na mão do autor de Vinland, com um roteiro mais maduro/realista.

    sobre o desafio de Dragon Ball, como os battle shones de hoje são filhos de DB/DBZ fico imaginando que ele seria feito por Kurumada ou a dupla de Hokuto no Ken, no primeiro teríamos batalhas repetitivas, poder da amizade, os secundário (Kuririn, Yancha e afins) ainda seriam suportes do Goku, mas ele seriam mais expressivos do que vieram a ficar em Dragon Ball. E haveria menos viagem. Agora na pegada Hokuto no Ken, Son Goku seria muito mais overpower, cara amarrada (adeus Goku amigo da galera), e teríamos um grande road-manga no deserto.

    Fiquei um pouco animado a dar uma chance a Magi quando você falaram dele.

    ah… desculpe o hiato de comentário. as coisas andam tensas e corridas. tenho escutado os programas todos com delay.

    o de mercado parte 2 foi o ultimo que ouvi, pensei em falar da dificuldade que é pra encontrar certas coisas no mercado depois de um tempo (quem dizer começar OP e Naruto agora pode desistir, nem o 1 do relaçamento de SS se acha facil). E acho que este é um dos principais problemas, o acesso ao catalago no mercado de hoje, no mais só tenho a elogiar a presença de Sakuda e do outro lá (esqueci onome agora e acabando hora de almoço) no cast e sempre é elucidativo o que eles dizem.

  7. Ótimo podcast. Esses descontraídos rendem bons momentos.
    Não tenho muito a comentar sobre o ele, mas me interessei pelo Naruto feito pelo Oda, seria no mínimo curioso.

    Discordo da sua opinião Estranho, quanto à Dança dos Dragões, mas é perceptível que ele teve uma pegada diferente dos outros.

    Slowpoke report: terminei de ler Necromancer e gostei da história. Como tinha sido dito na recomendação, não é nada lá muito profundo, mas da pra fazer umas reflexões interessantes. Minha única crítica é quanto ao formato episódico. Penso que seria melhor um arco por volume, até porque daria mais importância pra mensagem de cada um.
    Comecei a ler Eden e cara, é o melhor primeiro capitulo que já li. Sozinho já o considero uma obra completa. Mesmo se o resto me decepcionar, já estou satisfeito.

    Pra finalizar: Judeu, como você avalia o anime de Ping Pong em relação ao mangá?

  8. Hiroaki Samura(o tio de Blade) fazendo Dororo seria fodíssimo. Aliás, ele fez o character design para o jogo de Ps2(“Blood will Tell – Tezuka Osamu Dororo”) e é bem isso mesmo. **vale a pena jogar

    O que vocês estão achando de My Hero Academia? Vocês leram?

    • Alcancei os atuais hoje. Estou achando pouco melhor do que medíocre por enquanto. A ideia está ali, mas a execução está bem complicada. O protagonista simplesmente não cativa, esse drama dele não está sustentando a história. Espero muito que o autor mude isso em breve, porque por enquanto estamos em apenas promessas.

  9. deixando o ´podcast pro retorno da viagem, AMOR com esses temas aleatórios!!!

    Oda em Fairy tail seria uma avalanche de flashbacks para tudo quanto é lado e personagem!

    cdz eu realmente queria alguem para melhorar a coisa e a arte e tudo! episodio g era até legal (parei lá no volume 15 pq não achei mais para vender) e lost canvas era/é bom (parei de ler não lembro pq, mas voltarei)

    o Kubo, de boas só serve realmente para caracter design de personagens e capista de capitulo! Ele fazia umas coisas MUITO LOKAS!! (e eu droppei bleach a tanto tempo que nem sei o que faz mais)

    até mais

  10. Acho que um autor que conseguiria fazer o 20th Century Boys menos enrolado seria o Go Nagai, as melhores obras dele conseguem abordar um monte de temas sem enrolar.
    Falando de outras obras, acho que se Hunter x Hunter fosse desenhado pelo mesmo desenhista do mangá Gon seria uma das melhores obras já feitas, pois o calcanhar-de-Aquiles da obra é justamente a arte, com a arte ótima do mangaká de Gon o mangá subiria no mesmo nível do anime. Outra obra que também subiria de nível seria Holyland desenhado pelo mesmo autor de Shamo, a movimentação desenhada por esse autor iria elevar muito o nível da obra.

    Eu concordo que se o autor de Onani Master Kurosawa fosse o roteirista de Koe no Katachi ele conseguiria fazer um final melhor, pois ele iria fazer uma história enxuta, densa e sem equívocos no desenvolvimento da temática. Em relação a Dragon Ball, o único autor que imagino fazendo DB é o Suzuki Nakaba de Nanatsu no Taizai por causa de sua arte que é a melhor dos battle shounens produzidos atualmente.

  11. Cara Shingeki deveria ter o Roteiro da Hiromu Arakawa, ela iria brincar com os mistérios e ia fazer a historia valer a pena. Agora na arte não sei bem, gosto dos gigantes aterrorizantes do autor.
    Aliás quero vender os primeiros 5 volumes de Ataque dos Titãs, moro no rio quem tiver interessado entra em contato comigo pelo meu e-mail: jvictor.201296@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s