Mangá² #104 – Primeiros Capítulos 3: New Power Generation

Sejam bem-vindos a mais um episódio do Mangá², o podcast semanal que cria padrões sem querer.


Neste programa, Judeu Ateu e Estranho fazem a terceira instância do podcast de Primeiros Capítulos, no qual são analisados os primeiros capítulos de três mangás.

Desta vez, os escolhidos foram três mangás da nova geração de sucessos da Shonen Jump, a chamada New Power Generation. Portanto, falamos sobre o primeiro capítulo de Shokugeki no Soma, Haikyuu!! e Assassination Classroom!

Para ouvir os outros programas da série, clique aqui.

Contato
Sugestões de pauta, sugestões de leitura, dúvidas, elogios, críticas, Recomendação do Ouvinte em áudio, qualquer coisa! O email para contato é: contato@aoquadra.do

Feed | iTunes

Cronologia do episódio
(02:30) Shokugeki no Soma #01 – A Selva Sem Fim
(15:20) Haikyuu!! #01 – Términos e Inícios
(29:00) Assassination Classroom #01 – Hora do Assassinato
(47:30) Leitura de Emails
(66:50) Recomendação da Semana – Murciélago

Download (CLIQUE COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE E ESCOLHA A OPÇÃO “SALVAR DESTINO COMO…” OU “SALVAR LINK COMO…”)

15 Respostas para “Mangá² #104 – Primeiros Capítulos 3: New Power Generation

  1. que bacana adoro quando fazem esse podcast de primeiros capitulos,e dessa vez é de tr~es mangás que acompanho desde a estreia

    vou baixar o cast e amanha comento

  2. Me surpreendi com o senhor Judeu recomendando esse mangá. Leio porque acho a protagonista bem carismática com aquele jeitão e design bem chamativo.

  3. sobre shokugeki no souma
    eu já conhecia o desenhista por causa dos hentais que ele fazia ,e sinceramente estava esperando uma merda do nível to love ru que seria cancelado em breve, mas tive uma grande surpresa o souma é muito carismático e foge um pouco do esteriótipo de protagonista jump ,e o echi é bem levinho pra quem ja viu os hentais que o autor fazia ,e também muito interessante a forma que ele o aprica pra mostrar as reações dos personagens, e é algo que funciona ate hoje ,minha unica reclamação é referente a parte da mulher d la é muito vilãozinho de primeiro capitulo que nunca mais vai aparecer na historia,isso me incomoda muito num primeiro capitulo, o autor podia simplesmente pular aquilo e ir direto pra parte da escola

    sobre haykiu
    logo no começo tive um problema com o nome do protagonista pois ate hoje sempre que ouço hinata penso na hinata do naruto, mas achei muito bacana esse negocio do protagonista ter que jogar com um time improvisado de ultima hora e levar uma lavada ,mas o que mais emprisiona é o plot tuist do final quando descobrimos que o protagonista e o rival estão no mesmo time,isso me pegou de surpresa já estava ate começando a imaginar o kageyama entrando na escola rival do hinata

    sobre a arte de haykiu pra min ela é bem porca e não tem nada a ver com o realismo dos personagens ,entendo que o autor optou por fazer os personagens de uma forma mais estilizada e isso funciona ,mas o grande problema primeiro é o fato da movimentação ser muito travada e pra um mangá de esporte que necessita de uma movimentação fluida isso é terrível ,alem do fato da forma porca que o autor utiliza as retículas em algumas paginas chega a ser ridículo

    sobre escolinha do professor molusco
    então esse mangá é o exemplo perfeito de como conquistar o leitor com uma unica pagina ,enquanto alguns mangás demoram volumes inteiros pra conseguir mostrar a que veio ,ansatsu faz isso de uma maneira surpreendente ,essa primeira pagina como vocês disseram fez todo mundo exclamar “que porra é essa !”,e ficar curioso pra ler o resto do capitulo e entender ,isso é muito melhor do que o autor simplesmente usar aquela clicherizada pagina dupla de apresentação tipo “existe um polvo alienígena que destruiu metade da lua e bla bla bla” pra min o autor acertou bastante nesse primeiro capitulo ,e eu tambem pensava que o nagisa era uma menina mas parece que isso foi proposital pois ate hoje fazem piada com isso no mangá

    e muito foda o koro sensei no brasil pra copa do mundo

    na proxima ves podiam fazer o de primeiros capitulos de mangás que nunca leram ,assim sera realmente a avaliação pura do primeiro capitulo já que vocês não teram conhecimento do futuro da historia

    e tambem um primeiro capitulos de mangás antigos como dbz e cdz

    e como alguem ai recomendo primiero capitulo de mangas hentais

  4. Shokugeki no Souma me cativou no primeiro capítulo, mas infelizmente não consegui continuar a leitura por má administração de tempo e parei alguns capítulos mais tarde. Porém, a ideia de expor o gosto das comidas graficamente é muito interessante por ser algo quase impossível de se fazer com exatidão. Quando usam a arte para descrever essas sensações, podem sair interpretações e metáforas muito boas. Me lembrou Ratatouille, onde fazem o mesmo, mas de uma maneira mais comportada.

    HQ! me cativou igualmente, e igualmente ainda não estou acompanhando. O capítulo 1 é ótimo e o traço foi o que mais me interessou. Gosto da arte desde o mangá anterior do autor, ela é cheia de impacto e força, com traços grossos muito característicos e difíceis de se ver na maioria das artes mais clichês.

    Assassination Classrom tem o estilo do autor, que eu viria a conhecer melhor ao ler Neuro, e que é muito bem apresentado nesse capítulo. O equilíbrio entre humor e mistério faz o mangá ficar leve e agradável de ler, mas sem ser vazio e superficial. O que me comprou realmente no mangá foi o final com o rápido flashback do Koro-Sensei. Aquele mistério me deixou interessado em continuar lendo o mangá para descobrir o que diabos é esse professor.

  5. Bem legal, gostei da seção de comentários, achei super interessante a parada de marketing nos nomes. Enfim gostei queria ouvir sobre os 3 primeiros capitulos de Pluto/ 20th century boys/ Monster

  6. Slowpoke Report: Terminei Onani Master Kurosawa e gostei bastante, ele começa de forma despretensiosa e vai levando a trama como toda obra do gênero, mas no volume final tem um turning point muito interessante. E em quatro volumes ele consegue fazer com que diversos personagens tenham uma evolução muito bacana.
    Li o primeiro volume de Dorohedoro e também gostei, é um mangá que por te rum traço “sujo” da vontade de ler ouvindo algum rock pesado.
    Dos analisados só li Assassination Classroom, mas pensando aqui, essa new generation está estabelecendo também um novo tipo de traço para época?
    Se compararmos Kuroko,Nisekoi, Haikyuu, Souma são os que deixam mais claro esse traço mais limpo e alongado. É verdade que One Piece e Bleach usam desse traço nos dias atuais, muito da evolução do Kubo e Oda como desenhistas e talvez acabaram por influênciar os novos autores.
    Vocês consideram que seja um novo padrão esse tipo de traço?
    Não joguei oBioshock Infinite, mas os 2 primeiros Bioshock são muito fodas, pelo gameplay e roteiro. E fica a dica pra você ir atrás de toda filosofia passada no game, apesar de ser um game mainstream valeria um segunda potencia só por toda filosofia no game.

  7. Bioshock 1 seria ótimo se o jogador não tivesse que ficar resolvendo minigame de encanamento do primeiro ao último minuto de jogo. Fora o combo manjado choque + ataque que funciona o jogo inteiro contra os inimigos menores (e ambos foram tirados do Infinite, amém).

    A primeira temporada de Korra foi um lixão, a segunda em geral foi ok, mas teve momentos pontuais que considero o melhor de toda mitologia avatar, já a terceira foi com certeza a melhor como uma unidade, mesmo não tendo tido nenhum momento tão impactante quanto alguns da segunda. Estou ansioso pela 4ª temporada, mas não tive oportunidade de ver ainda o primeiro episódio.

    Ah é, mangás. Não tenho muito o que adicionar, não leio o Soma; Concordo com tudo que disseram de Haikyuu!! (só reforço que amo o traço mais estilizado do mangá, que não só funciona pra passar melhor as sensações de movimento, mas que consegue também dar muita personalidade à obra). Também não tenho muito o que adicionar de Assassination Classroom, é um ótimo início com certeza, mas ficou longe de se tornar um dos meus mangás favoritos com o passar do tempo, por isso nem me importo tanto com ele.

  8. Só um pequeno detalhe, meu nome é Felipe DA Paz Lage hehehehhe
    Mas de boas, abraços!

  9. Souma é algo que abandonei com o tempo após cerca de 50 capítulos, preciso voltar a ler Assassination Classroom e ainda vou começar a ler Haikyuu. No mais, bom cast mas discordo completamente do comentário sobre Psi ser uma merda quando é um excelente mangá de comédia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s