Segunda Potência #03 – Vício em Games


O que é?
Segunda Potência é um podcast spin-off, sem periodicidade fixa, da “franquia” ², feito pelo Judeu Ateu, o Estranho e, desta vez, o Rubio Paloosa. Nele, são abordadas outras mídias que não os mangás. Filmes, séries, quadrinhos não japoneses e video games poderão ser abordados no futuro neste podcast. Mas desta vez estamos nos games de novo.

Neste programa…
… discutimos um tema geral, sem prender-se a um jogo específico. Conversamos sobre o vício em video games, com uma análise das causas e revelações de vícios pessoais secretos!

Feed

Download (Clique com o botão direito do mouse e escolha a opção “Salvar Destino Como…” ou “Salvar Link Como…”)

27 Respostas para “Segunda Potência #03 – Vício em Games

  1. Eu estive viciado em Bravely Default, o JRPG pra 3DS. Estou com mais de 200 horas e consegui pegar todos itens, magias e abri todas cutscenes.

    O jogo pra mim foi tão viciante que eu não conseguia parar. Me esforcei e consegui emprestar meu 3DS pro meu irmão, e estou sentindo um pouco de saudades de jogar (o que é meio imbecil, já que eu já sei tudo que acontece na história).

    • Nossa, esse jogo é muito bom, só não viciei porque saiu pokémon X/Y em sequência, esse que já estou com mais de 300 horas auhhuauahahuah

      • Pra mim foi ao contrário, eu tive que comprar o Bravely bem depois e tava jogando bastante o XY, daí eu comecei o Bravely… de início eu tava de boa, mas depois que peguei gosto complicou! Hahaha!

        Pokémon não sei quantas horas tenho, mas certeza que não chego nem perto das tuas 300, hahahah! (e que venha alpha Sapphire)

        • Mas lembro que quando peguei o Bravely eu não sai por um bom tempo, deve faltar pouco para eu terminar, já casei a maioria dos personagens hahuahuahua

  2. nunca fui viciado em video games,sempre fui um jogador casual não tenho paciencia pra conseguir 100% no jogo ou ir atras de itens secretos missoes especiais desbloquear conquistas ,não vejo graça nisso mas conserteza sou viciado em mangá e anime ,se bem que hoje tenho um pouco mais de moderação já houve uma epoca em que eu passava tanto tempo no meu quarto vendo anime e lendo mangá que depois eu nem sabia em que mês estava

    • Eu sou complecionista, sempre curti “Ver tudo que os criadores colocaram nisso.”, o problema é que depois de começar a trabalhar, ser complecionista não é muito incentivador, hehe.

      • mas convenhamos que tem muita coisa em jogos que não passa de encheção de linguiça por exemplo no residente evil 5 tem uma conquista que voce desbloqueia somente a matar um zumbi com um ovo
        tipo tenho mais o que fazer da minha vida do que tentar matar um zumbi com um ovo

        • Nisso ponho culpa dos jogos mais novos, eles começaram a botar Achievements idiotas, daí eu concordo contigo. Mas eu curtia o esquema estilo 007 do N64, onde tu tinha que vencer a fazer num tempo X pra desbloquear um cheat.

        • Esse é um achievement que eu acho legal, porque é alcançável sem você ter que morrer dias ali. O que me incomoda é achievement feito pra maluco, tipo uns de VVVVVV. O objetivo é sobreviver 1 minuto num minigame que eles tem lá. Eu, depois de 1 hora jogando, estava com o incrível recorde de 8 segundos! Eu não vou ficar me fodendo pra ganhar esse achievement!

          • Diablo III também tinha uns achievements que o cara morreria para completar, percebi que meu objetivo de desbloquear todos achievements seria humanamente impossível (para mim), então desisti, hehe.

  3. Acho que a única coisa que consegue me deixar vidrado são os Pokem´ns da vida. Ahhhhh, como já perdi minha vida jogando esses joguinhos em emuladores, no celular, tablet. Evitei de comprar o 3ds por causa disso, já tenho vícios o suficiente.

  4. Aliás, hoje tenho controle o suficiente para perceber quando algo parou de me divertir.

    Lembro que joguei Lineage II por anos e anos, e mais anos. Então um dia estava eu clicando em monstro e apertando F1, clicando em monstro e apertando F1… daí eu parei e pensei “Peraê… isso não é divertido… eu não estou me divertindo…”

  5. Lembro que quando comecei a ver One Piece (o anime mesmo) lá pelas férias do meu terceiro colegial, eu via 10 horas do anime por dia, devo ter visto uns 400 episódios em 1 mês…hoje não tenho paciência para fazer isso mais não kkk…tanto que só assisto coisas de temporada que acabaram logo e olhe lá

  6. Já estive em todos esse vícios, joguei bastante Tibia (shame on me) e Ragnarok, um pouco de MU, bem pouco Line Age 2, joguei StarCraft 2 (um tanto razoável) e hoje estou no League of Legends, nada que estrague minha vida, mas já perdi um bom tempo que poderia ser aproveitado com coisa mais produtivas kkk…mas considerando que a maioria das pessoas gasta o tempo livre não fazendo nada de produtivo, como assistindo TV ou à toa em sites, acho que estou na média.

  7. Atualmente estou viciado no Animal Crossing:New Leaf do 3ds,já estou com 200 horas de jogo em quase um ano que comprei ele.
    Outro jogo que eu fiquei bem viciado no seu lançamento foi no Pokémon Black,no quel eu estourei o relógio dele com 999:59 horas,mais depois que eu comecei a trabalhar tive que conciliar os games com o resto dos meu afazeres,saudades de ser vagabundo novamente. :v

  8. As pesquisas apontam que os videogames não viciam, mas geram uma compulsão, muito parecidamente com a compulsão alimentar. Aliás, hoje já se usa o termo Compulsão Tecnológica. Mesmo que comece com escapismo a compulsão pode gerar culpa e um sentimento de fracasso, causando aquele ciclo sem fim para a pessoa gerando um desgaste e sofrimento psicológico. Algo que da a impressão de que a pessoa tem controle de para ou não jogar, mas na verdade não tem. Toda compulsão acaba precisando de tratamento.

    Tive uma fase com Ragnarok, após terminar o colegial que jogava tanto que fiquei com o indicador direito ligeiramente torto.

    Como durante a graduação eu passei 4 anos sem vídeo games justamente para não perder o foco, quando entrei na 7º geração ela já estava no fim, então estou viciado tentando aproveitar os jogos, retomar o tempo perdido e mais que isso ser exposto a boas narrativas, descobrir histórias fodas é o que mais me motiva. Nisso os jogos “lineares” ajudam, pois consigo terminar um jogo em 2 semanas. O que é não acho que seja muito tempo, já que tenho em média 3 horas diárias às vezes 4 por dia para jogar. Estou comprando um PS3 pelo hype de The Last of Us, como uma grande narrativa que pode ser uma das melhores que eu posso ter vivido nos games (ok ,esse hype tem tudo pra estragar minha experiência).
    Eu só me sinto culpado em perder horas jogando Fifa e Nba 2k, afinal é uma coisa sem fim. Talvez para valorizar mais essas horas eu criei planilhas no Excel com todos os campeões de cada liga, conferência, Mvps etc. Gosto muito dessas misturas de esporte e RPG. Montar times, negociar jogadores e tudo mais. Atualmente meu vicio é o NBA 2K14.
    Agora para “ganhar” horas perdidas no metrô do dia a dia e nas viagens do fim de semana comprei um Nintendo DS, só Pokémon já me rendeu 80 horas e ainda bem que Plants VS Zombie não tem contador de horas.

  9. Adorei o cast, como sempre! Acabei de olhar aqui no jogo Call of Duty: MW3, q eu tenho 49 dias de tempo jogado!! Kkkk, sou muito viciado nesse jogo.
    Então Judeu e Estanho, adoraria se vocês fizessem um segunda potência, sobre algum álbum de musica, fica aí minha ideia, obrigado e até o próximo cast!

  10. Muito bom podcast! E ótima participação do Rubio Paloosa. Anotada as indicações, pois um dia ainda pretendo finalizar ao menos um game (noob detected…rs), Aproveitando vocês poderiam fazer uma ‘joint venture’ com o pessoal do jogabilida.de, creio que ficaria bem interessante ver os dois sites juntos em podcast temáticos, um sobre mangá e outro sobre games! Fica a dica. Sintam-se abraços.

      • Você anda jogando o quê, atualmente? Eu tô jogando Limbo, e tô adorando à experiencia! Morro pelo menos uma vez em tudo q é possível morrer naquele jogo.
        Da uma lista pessoal dos jogos para se jogar antes da morte vir nos levar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s