Mangá² #57 – Como (não) Ler Mangás

Sejam novamente bem vindo ao episódio Visão do Mangá², o podcast que ninguém deve escutar enquanto lê mangás.

No episódio do Mangá² dessa semana, conversamos sobre a experiência de ler mangás. Falamos um pouco sobre nossas experiências pessoais na hora de ler essa mídia tão adorada, formatos favoritos, pequenos detalhes que irritam, a melhor ambientação. E ainda deu tempo de conversar sobre os momentos certos e errados de ler um mangá.

E a recomendação da semana é (provavelmente) a primeira comédia pura do bloco.

Contato

O seu contato é muito importante pra nós! Queremos sempre a sua participação comentando os episódios, enviando sugestões de pauta, sugestões de leitura, dúvidas, elogios e críticas, qualquer coisa!

O email para contato é: contato@aoquadra.do

E lembre-se de encaminhar seu arquivo .mp3 com uma gravação de sua própria Recomendação do Ouvinte, que será incluída a cada 5 episódios!

Links Comentados

AllFiction – Crianças e chapéus de palha (lembrei)

Cronologia do episódio

(00:20) Discussão Semanal – Como (não) Ler Mangás

(27:45) Leitura de Emails

(47:30) Recomendação da Semana – Sakuratetsu Taiwahen

Download (CLIQUE COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE E ESCOLHA A OPÇÃO “SALVAR DESTINO COMO…” OU “SALVAR LINK COMO…”)

36 Respostas para “Mangá² #57 – Como (não) Ler Mangás

  1. Nem ouvi o poadcast ainda, mas estou odiando ardentemente quem roubou a recomendação que eu ia mandar em áudio! Eu tava lendo o mangá só pra isso, tava planejando na minha mente e tal. Sacanagem. Só isso.

    • LOL, pior que eu tô pra recomendar esse desde o, sei lá, programa 30. Eu tinha organizado minha lista de recomendações em ordem, mas passei a ignorar a partir desse programa. Finalmente achei a hora pra usá-lo.

      Mal ae.

  2. Eu prefiro ler mangás no computador mesmo, até por praticidade. Odeio passar páginas, ainda mais quando se a velocidade de passar é alta, em cenas de ação. No computador, só uso o scroll do mouse, dando fit na tela do notebook quando a resolução é maior, e quando é menor, fica as vezes até melhor. Outra coisa que acho o meio digital é a cor da página, levando em conta os mangás nacionais o papel transparente e amarelado.

    Sobre a posição, como utilizo notebook, fico deitado, totalmente confortável, só com o roll do mouse, consigo ler tranquilamente, sem me mexer. Sobre o cansaço, senti bastante lendo os mangás de Ghost in the Shell, ficava com sono, um muro de palavras, por pura pressão. Já ler Yotsubato, é uma sensação bem diferente, o modo que eu leio, mesmo que seja num momento em que eu estou cansado.

    Sobre a iluminação, prefiro o quarto totalmente fechado, sem nenhuma fonte de luz, só com a tela do computador, ajustando a luz da tela. Sobre conversas, eu consigo ler se for numa linguagem diferente, no caso de música também, a linguagem da música/conversa tem que ser diferente do mangá. Já as bandas, pode ser qualquer uma, seja alegre ou triste, eu nem lembro qual era.

    Não consigo reler mangás, tenho uma política de não repetir leituras. Eu penso que o mesmo tempo que eu gasto relendo, eu posso ler outra coisa, como sou um leitor recente(2 anos) tem muita coisa para conhecer ainda.

  3. Visão é um andróide criado pelo Ultron para destruir os Vingadores, porém acaba se aliando a eles. Chegou a se casar com a Feiticeira Escarlate, porém após os eventos da Dinastia M, foi destruído pela She-Hulk, e reconstruído como uma versão mais jovem. Atualmente pode ser acompanhado em Avengers A.I.

    Sobre o apelido do Estranho, mesmo tendo o mesmo nome, nunca ouvi esse apelido, porém o meu não era um tão comum também: Guizeira.

  4. Leio só pelo pc ou fisicamente ( fisicamente é sem dúvidas melhor) e sempre quando leio, leio sem perturbação e com total atenção ( Ao menos tento). Mas essas trivialidades não são importantes, o importante vem logo abaixo!

    Rufem os tambores: http://www.youtube.com/watch?v=itAOGRiYRLI

    Vos apresento o meu mundo: http://kayrrusworld.wordpress.com/

    Isso vai ser bem desprenteciosamente, já que não tenho tempo assim, mas de qualquer jeito deem uma olhada lá, se quiserem.

  5. Achei muito interessante o podcast dessa semana. Só pra não passar em branco sem ter comentado nada, aconteceu comigo um problema parecido com esses que vocês discutiram, com Fullmetal Alchemist. Apesar de ser um mangá excelente, por algum motivo eu não conseguia me manter lendo ele. Sempre que eu parava pra ler, eu ficava de saco cheio e não concluia. Acho que não era por achar ruim nem nada, as vezes a gente só não esta no clima de ler mangá ou qualquer coisa que seja, independente de fatores externos.

  6. Sobre isso da leitura no hate e/ou forçada fiz bem isso ontem. Eu resolvi continuar The Crater do Tezuka, ai reli o primeiro one-shot do vol 2 pra resenhar. Primeira vez q li eu fui pulando balão na cara dura, ai ontem li tudo prestando atenção e cara, o que tava ruim ficou pior, e odeio dizer isso como fã do Tezuka, mas que merda.

    Acho que faltou citar algumas coisas que atrapalham a leitura, como por exemplo o terrivel barulho de uma obra que te faz parar no meio da leitura. Não sei o que e pior, o barulho em si ou o fato de vc ter de interomper o que estava fazendo.

    Eu tenho muito isso de meu humor mudar rapido e estragar todo o clima quando sou interrompido de supetão. Pior ainda quando vc tem de parar no meio e fica o dia todo querendo terminar, pois estava empolgante, mas so pode terminar horas depois e quando vai ler perdeu a vontade e fica uma merda, ou era uma merda aquilo q vc fico hipado durante tanto tempo.

    Pior ainda se for a parte final. Nossa e muito ruim quando vc ta pra acabar, achando q vai ser O MANGA, e ai alguem chega e manda vc sair do pc, ou algo assim, seila.

    Tbm me incomoda muito scans ruins. Nem ao menos citaram isso, mas uma pagina mal editada ou scaneada faz vc achar a obra pior, e ate cansa mais a vista em certas cituações. Uma tradução ruim tbm faz perder um pouco de qualidade do manga, apesar de ser culpa de quem escreveu.

    Tbm atrapalha o peso. Parece bestera mas já pegou pra ler um livro pesado e não leu a quantidade que queria por ele pesar muito?

  7. Nossa eu tava procurando faz tempo Sakuratetsu Taiwahen XD Eu li a sinopse seila onde e esqueci o nome lol

  8. Não tenho o problema que muitos dizem de ler mangás no pc, mas não é mesmo a melhor opção. Por vezes eu paro a leitura para ver outra coisa e nem me lembro mais que estava lendo. O mangá físico é o ideal para mim, mas o problema é guardar esses mangás em casa (Já quase não tenho espaço) Por isso e pela mobilidade acabo usando mais o tablet hoje em dia. Inclusive trabalho em Jundiaí e uso ele normalmente em trens e ônibus. Não acho que chame atenção..

    • Depende a região de Jundiaí. Pros lados do centro ou da Vila Arens (onde tá o trem), é mais tranquilo. Agora nos lados mais afastados, ainda chama a atenção, principalmente nesses terminais mais distantes.

      • É verdade, não tinha pensado por esse lado aí… Não sei se eu usaria ele em lugares mais afastados mesmo.

  9. O negócio de haver uma perda na lida digital deve se aos mangas serem pensando pra mídia impressa, note-se claramente isto ao se ver os comics digitais que funcionam muito na tela do PC, cito como exemplo o premiado, Wormworld Saga, que é escrito numa forma de ‘pergaminho’, a leitura dele em tela flui muito bem, mas duvido que ele funcione impresso.

    Concordo que o estado de espírito é a coisa que mais influi na lida, quantas vezes li na pressa,a te mesmo coisa que de fato queria ler, mas li na pressa pra aproveitar o feriado e no final, o manga que tanto queria ler, teve um baixo aproveitamento pela minha afobação de tentar ler o máximo possível em menor tempo.

    Quanto a música, depende muito, geralmente, quando é algo que quero ler mesmo ou material de alto nível, sem som, nada, para me focar na leitura, mas quando é apenas algo divertidinho, que é pra relaxar, ou que estou a ler por curiosidade acadêmica (*), então certas músicas não me atrapalham tanto.

    (*) Quando falo de curiosidade acadêmica, falo da minha mania de ‘estudar a mídia’ que me levar a ler, ou pelo menos dar uma olhada, em coisas clássicas, como Tezuka, Shotaro Ishinomori, dentre outros. À propósito, sei, tanto que já ouvi, um manga² de mangas clássicos VS. Mangas antigos, mas acho interessante, já que vocês são formadores de opinião, sobre a ‘arqueologia de mangas’, pois acho que muita gente deixa de dar uma estudada sobre a mídia por achar que algo velho, assim como acho interessante pegar bons materiais da atualidade. Então, uma coisa que eu estava a reparar, e dá um interessante programa, é a ‘evolução do traço’, desde o traço Disney deTezuka, passando pelo aquele traço oitentista de Hokuto no Ken, até chegar o dito ‘estilo manga’ atual.

    Estes dias peguei um manga, que pasmen saiu no Brasil, que é Lenda de Kamui, de Sanpei Shirato, e fiquei impressionado com o estilo do traço.

    Além disto, num revival meu de ver animes de mecha da década de 80 e achei bem interessante a pegada quase americana daquela época que muito foge do estilo manga-otaku dos dias hoje, e ainda tropeçando nalgumas coisas do fim de 80 – inicio de 90, onde vi algo meio transição, fora a sangueira exagerada (sim estava a rever Detonator Orgun, M.D. Geist e Genocyber que passou na Manchete no bloco U.S. Manga).

  10. Eu moro em um apartamento pequeno, com um poodle escandaloso e divido o quarto com minha irmã de 10 anos… paz e tranquilidade é a última coisa que tem nessa casa, por isso eu quase sempre só leio mangás com música. Consigo abafar os ruídos em volta, e depois de uns minutos consigo me abstrair da música e me concentrar na leitura. Passei a faculdade toda estudando com música (já que a biblioteca era meio zoneada), acho que acabei desenvolvendo essa habilidade haha.

    E nossa, ler mangá no celular deve ser muito péssimo hahaha Na época eu maratonei One Piece… no Nintendo DS (por conta de viagens)! Sim, existe um aplicativo pra flashcard que permite isso, mas ler nas telinhas (dividida nas partes inferior e superior, diga-se de passagem) e arrastando com a canetinha do DS é um martírio -.- Nunca mais fiz isso.

  11. Sempre gostei mais de ler mangas físicos, seja em uma cadeira de área tomando um ar ou na cama antes de dormir e ultimamente tenho comprado tantos mangas que nem vou atrás de mais na internet.

    Acredito que estado de espírito e maturidade influenciam “monstruosamente” senão totalmente na interpretação de uma obra. Isso me lembrou uma minha professora minha que adorava O Pequeno Príncipe, ela sempre dizia que a interpretação do livro ou até mesmo o livro inteiro mudava dependendo da idade do leitor.

  12. Ah… Judeu, gostei de ter um parecer seu sobre Gunnm, que você disse que na segunda lida você viu que não era tão, pois fiz a não muito tempo a segunda e ainda gosto daquilo.

    Grato.

  13. Bom, eu também tenho um método de ouvir o podcast, terça de manhã no trabalho, se tudo tiver de boa comento em seguida, se não penso no que vou comentar e no dia seguindo escuto algumas partes novamente haushas.

    Dessa vez estou pela primeira vez comentando bem depois de ouvir, então vou comentar pelo que lembro ter escutado.

    Eu prefiro o mangá físico, até pela sua praticidade, algumas séries como Bakuman acompanhei só pelas bancas. Viagens de metrô na correria de ir e voltar pro trabalho, sempre separo um mangá mais divertido e menos denso, como Bleach, Dragon Ball, Genshiken etc.
    Já quando pego ônibus de viagem, pois frequentemente vou para Santos, acabo escolhendo ou um livro ou um mangá que exige mais atenção ou mesmo mais denso nas falas, como foi o caso de Bakuman.

    Sempre fui um leitor de scans, mas já faz quase um ano que ando desanimado em ler scans, acabei por ler só os semanais, mas já parei novamente.
    Alguns scans como foi o caso de PunPun e outras recomendações do podcast acabo lendo ou na hora do almoço, ou depois do trabalho, fico um pouco mais pra ler.

    Acabei a faculdade ano passo, então acabo usando minhas noites pra outras atividades, como séries, filmes e games que acabo ficando sem vontade de ler mangá digitalmente em casa, por hora pelo menos.

    Alias também uso o aplicativo do Google Crome para ler mangás, é uma mão na roda.

    Pensei que fosse só eu, que no fim do livro, curioso pulasse algumas falas pra terminar logo, fico feliz de saber que não sou o único. O pior é que o motivo não é o livro estar ruim, mas simplesmente você quer saber logo como vai terminar a obra.

  14. Sobre mangás eu prefiro lê-los em versão física mesmo,tem até um estudo que comprova que conseguimos ler 25% mais rápido com as versões físicas,lendo digitalmente me sinto menos focado,pois tem mais distrações e isso deixa minha leitura lentíssima.
    Sobre uma leitura que mudou após eu ter uma experiência na vida foi Fullmetal Alchemist,depois que eu perdi minha mãe eu consegui entender a busca incessante dos protagonistas em conseguir algo que você amava e nunca mais vai voltar.
    Sobre a mudança na minha leitura resolvi comentar no Mangás Undergrounds á comentar no Mangatologia (que eu sempre comento),pois acho que o MU é bem mais depressivo e compreensivo que o Mangatologia,pois o Judeu disse que gosta de ler com tudas ás luzes apagadas e eu me identifiquei com isso.

      • Obrigado pela atenção! esse aplicativo tem algum ‘macete’ ou algo do tipo? obrigado desde já.

      • Eduardo,

        ele é bem intuitivo e simples no manuseio. Existem outros, obviamente, mas esse ainda é o mais indicado para os usuários que estão iniciando (se não me engano existe um post no TecMundo ou no Baixaki que compara e qualifica diferentes apps para leitura no Android).

      • Sim, eu utilizo esse também. Dos poucos que experimentei, era o melhor, embora ele distorça as páginas quando elas são duplas (não sei se é problema dos meus aparelhos, mas acontece no tablet e no celular, então acho que é algo do app mesmo).

  15. Olá!

    Como minha leitura se resume a scans (com raríssimas exceções nas quais fui presenteado com mangás como Gen pés descalços) tive que me acostumar, mas comparando com livros sou mais favorável a leitura física do que a de ebooks.

    E a sugestão de Sakuratetsu Taiwahen subiu em minha lista!

    Abraços do KING!

  16. Ótimo trabalho o de vocês ,gostaria de uma dica , leio mangás faz um tempo e realmente no pc incomoda muito.Estou querendo comprar um tablet barato para leitura,7 polegadas e um bom tamanho para leitura de mangás ao ver de vocês? Vocês usam de quantas polegadas? Desde já agradeço, continuem com o ótimo trabalho.

    • Acho que só eu tenho tablet. O meu é de 7 polegadas também, bem chinfrim, uso só para leitura mesmo. Acho que é o suficiente, na real. Se você usar o programa certo de compressão, dá pra ler tranquilo.
      Hoje em dia eu leio no meu smartphone tranquilamente e ele tem só 4.8 polegadas, então acho que não seria problema.

  17. Ler mangás com sono e indisposição, pra mim, é um problema. Isso é o que mais me atrapalha na minha programação. Por esse motivo, sempre vou acumulando muita coisa pra ler.

    Hoje em dia, estou totalmente atrasado em séries semanais que há um tempo atrás eu acompanhava de boa.

    As vezes ainda tento forçar a leitura, mas acredito que tudo tem seu tempo e acabo por esperar eu estar bem para ler. XD

    Ótimo cast, pessoal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s