Mangá² #54 – Hotel, Island e Because Goodbyes Are Coming Soon

Sejam novamente bem vindo ao episódio cubo de Rubik do Mangá², o podcast triplex.

Esta semana tem mangá enquadrado novo e diferente! Desta vez, resolvemos fazer um “triplex” e falar sobre três mangás que são one-shots (capítulos únicos), como 3 mini Mangás Enquadrados. E como já é de praxe, as discussões serão com spoiler, então tenha certeza que leu os mangás para ouvir o podcast!

Os one-shots escolhidos foram Hotel, Island e Because Goodbyes Are Coming Soon. Dois desses já foram recomendados aqui, e o terceiro é citado pela primeira vez. Então corra ler quais não leu ainda e volte para cá rapidinho ouvir nossa opinião sobre essas três obras!

E a recomendação da semana entra de carona na temática do programa e recomenda uma coletânea de one-shots de Usamaru Furuya.

Contato

O seu contato é muito importante pra nós! Queremos sempre a sua participação comentando os episódios, enviando sugestões de pauta, sugestões de leitura, dúvidas, elogios e críticas, qualquer coisa!

O email para contato é: mangaaoquadrado@gmail.com

E lembre-se de encaminhar seu arquivo .mp3 com uma gravação de sua própria Recomendação do Ouvinte, que será incluída nos episódios múltiplos de 5!

Cronologia do episódio

(00:39) Discussão Semanal – Mangá Enquadrado “Triplex”
(04:15) Because Goodbyes Are Coming Soon
(13:35) Island
(25:10) Hotel

(45:15) Leitura de Emails

(68:10) Recomendação da Semana – The Chronicles of the Clueless Age

Download (CLIQUE COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE E ESCOLHA A OPÇÃO “SALVAR DESTINO COMO…” OU “SALVAR LINK COMO…”)

43 Respostas para “Mangá² #54 – Hotel, Island e Because Goodbyes Are Coming Soon

  1. Não li Sun Ken Rock (até pelo hype negativo), mas se considerar as outras obras da coletânea “Hotel”, além do oneshot homônimo, podemos dizer que o Boichi já fez mais coisa boa. Aquela coletânea só tem coisa boa.
    E, por tabela, acho que acabaram ajudando o pessoal que ta fazendo oneshots pro concurso da Jump. Uma boa análise de bons oneshots ajuda a entender um pouco mais do formato. Me ajudou bastante, devo dizer. Principalmente por Island, claro. Valeu.

  2. Dos 3 One-shots, só li Hotel até agora, e definitivamente é o melhor one-shot que eu já li. Sobre de onde estão surgindo tantos fãs de Hajime, se preparem porque agora que a terceira temporada foi anunciada, só vai aumentar o número de fãs re-aparecendo. E pelo primeira vez, já li a obra recomendada por vocês antes de vocês citarem ela por aqui, e ainda assim foi com influência de vocês, já que depois de Genkaku e Marie peguei vários mangás do Furuya pra ler, e Chronicles foi um deles. É um ótimo mangá, embora não esteja no mesmo nível de outros do Furuya, imo.

  3. Existe muita diferença de GiTS do anime e do mangá, no quadrinho é algo mais leve, já no anime, é aquela coisa mais pretensiosa 3deep5me. Sobre a versão coreana de hotel, acho que o final da versão coreana é o mesmo sentido no final, porém se acaba no caso da versão japonesa se aproximando do Hotel em si, até o mesmo sinal do desenho da Keira, já na versão coreana, é uma versão evoluída da humanidade mesmo.

    Essa semana eu li Kanojo o Mamoru 51 no Houhou do Furuya, o que o pessoal acha?

  4. Já li os 3 one-shots então bora baixar essa bagaça. So to chateado que eu errei feio nos meus chutes LOL

    O ultimo one-shot foi o primeiro manga que eu fiz review sobre. (no blog ta outro como primeiro, mas eu so mudei a ordem). Gosto muito do autor. Planetes e Vinland Saga, sem mais.

  5. Ola a galera do cast! Ainda não fiz comentários dos casts que já ouvi, mas pretendo em breve comentar em todos que ouvi. O cast de vcs tem um formato legal, pois é relativamente pequeno e as discussões são bem interessantes. Mais comentários eu vou fazendo aos poucos.

  6. Infelizmente não tive acesso ao mangá Island… Se alguém puder me dizer onde encontro eu agradeceria muito.

  7. Hotel tem mais 4 capítulos, dava pra ter feito um programa inteiro só sobre ele… Eu adoro o capítulo 3, me fez rir bastante.

  8. Olha so, descobri q o Island q eu li e outro manga…vou baixar o certo e depois vejo o resto do podcast

  9. Já que o Judeu fez um relato sobre o mais recente filme do Naruto, que por sinal é ruim e sem sentido do início ao fim, gostaria de recomendar o filme derivado de outro mangá da Jump, que no caso é One Piece Film Z. Eu particularmente gostei bastante desse longa dos Mugiwaras, pois é um filme bastante coeso e com uma trama muito boa…aaah e antes que eu me esqueça, no contexto geral, os acontecimentos possuem SENTIDO diferente de um outro filme aí tsc tsc…

    PS:Não sou hater de Naruto, muito pelo contrário, mas que Naruto ROAD TO NINJA(Só serviu para vender as DLC’s para o Naruto Shippuuden Ultimate Ninja Storm 3) é horrível, ah isso é.

    Agora uma pergunta; podemos dizer que o Mangá² é responsável pela “Mainstreamzacão” do Necromancer? huahauhauh

    • eu discordo você em relação a esse filme de naruto , o filme em si foi bom mas acredito que o problema é que o pessoal foi ver esperando ver lutas fodas com minato kushina e outros personagens queridos e tambem ver romance entre o naruto e a hinata , mas o foco desse filme foi a relação de naruto e sakura com suas familias ,e é isso que o filme aborda
      as lutas do filme realmente foram uma merda e acredito esse é o motivo de tantos não terem gostado ,mas como eu falei esse não era o foco

      • Não é nem a questão das lutas, até porque eu já tinha a expectativa que esse não seria o foco, devido a minha experiência com alguns outros filmes do Naruto. O que realmente me incomodou foi o fato de NOVAMENTE usarem esse conceito de “laços”, pois isso é algo aonde já é repetidamente usado. E se fosse para recorrer a isso, eu tinha preferência de ver algo a mais entre a relação do Naruto e seus pais, ao invés de Naruto e Sakura. O Blood Prison por exemplo, foi um tanto quanto diferente e eu gostei bastante.

        • entendo , realmente esse negocio de “laços” não é nenhuma novidade ,talves tivesse sido melhor só o naruto ter tido o foco nesse filme o negocio dos pais da sakura meio que quebraram o ritmo da coisa , voce me me fez parar pra refletir sobre isso
          diferente da maioria que geralmente fala que esse filme foi uma merda por que o minato não saiu dando porrada em todo mundo e o rock lee não fez nada e por que o naruto não pegou a hinata

  10. Só li Hotel e achei muito bom vou ler os outros e depois vou ouvir na integra.
    PS:Valeu estranho por postar o link para ler Island ajudou muito.

  11. vocês são mesmo uns filhos da ….
    bem vou ler todos esses mangás e depois vou ouvir o podcast

  12. Fui só eu ou em Island mais alguém pensou que o ancião ia molestar a menina quando levou ela para o buraco? kkkkkk

  13. Nossa, li a versão errada, fui lá, li a Coreana e achei ok, ai enquanto ouvia o cast eu percebi vocês comentando o final, ai fui lá e li o certo para poder ouvir essa parte do cast xD….Vocês deviam ter alertado no começo, para não ter erro 😡

    Só uma correção, na versão japonesa quem preservou o DNA do filho dos cientistas foi o próprio Louis (o computador), ele disse que fez contra a vontade dos pais dele. É na coreana que a mulher da uma de gaiata e esconde o DNA.

  14. De one-shot, recomendo Rikon Choutei só pelo final. Tem um outro one-shot do Boichi que eu li e gostei mas faz muito tempo.

  15. bom vou colocar o que achei dos one shots na ordem do mais fraco pro melhor

    island- tomei um susto quando descobri mais tarde que era do mesmo autor de nisekoi , enfim eu só gostei de metade desse mangá tipo se a historia tivesse acabado no momento em que a menina sobe em cima da muralha e ve que o mundo se acabou teria sido um final perfeito ao meu ver , eu acredito que ha certas historias que não necessitam de um final feliz ,sobre o fato da menina ser a unica a caber ler não vi isso como um problema pois não faria diferença pro enrredo ser explicado , e achei bem interessante esse cenário esse negocio de muralha me lembrou shingeki no kyojin mas com uma abordagem bem diferente , e por fim sobre as personagens foi interessante essa dualidade feita entre as duas meninas e das duas em relação aos adultos porem assim como vocês achei que os adultos cairão muito fácil na conversa dela , eu acho que essa historia seria melhor aproveitada em uma historia mais longa 1 volume pelo menos pois diferente dos outros dois one shots este deixou varias coisas em aberto

    Because Goodbyes Are Coming Soon- esse eu fiquei com um pé atrás logo no inicio não curto esse tipo de traço em mangá , mas ao fim percebi que ele casou muito bem com a historia , outra coisa que me deixou com um pé atras no meio da leitura foram as referencias historicas , já tive varias experiencias ruins com mangá assim , mas esse não foi o caso ao fim consegui entender a mensagem passada .e como vocês citaram no podcast é realmente interessante vocês conhecer um samurai fora do campo de batalha ,e tem toda aquele momento de reflexão dele que me fez parar pra pensar que as vezes as pessoas lutam apenas por lutar e no fim a cena espetacular com o gato eu adora obras que usam esse tipo de simbolismo ,no fim foi muito agradavel ler esse one shot

    Hotel- com certeza o melhor one shot que li em minha vida , só me arrependo de não ter lido antes ,a minha experiencia de leitura foi bem interessante eu pensei que ia ler tudo em meio minuto e acabar rapidinho mas demorei quase 20 minutos pra ler esse one shot , é o tipo de historia que não se pode ler rapido , tem que parar e contemplar cada minimo detalhe pra poder se aproveitar ao maximo a historia, esse foi outro que me deixou com um pé atras pelo nome pensei que era algum tipo de comedia pastelão (não leio sinops de mangás curtos ) mas depois de três paginas percebi que a pegada era outra ,no demorei um pouco pra me tocar que quem estava narrando a historia era o propio hotel ,quando a fixa caiu tomei um choque ,e as passagens de tempo foram simplesmente fantasticas as coisas chegaram ao ponto de uma era do gelo ser apenas um dia frio para o luis ,muito interessante a forma com que o luis foi se aprimorando com o passar do tempo .e tem algo que me chamou bastante atenção foi aquele quadro em que humanos aparecem la no hotel , tipo o autor poderia ter feito uma historia inteira só falando da viajem desses humanos ate chegarem no hotel ,e juro que quase derramei uma lagrima na pagina final com a “lapd” do luis , uma pequena observação por que o luis se imaginou como uma criança negra se os seus país são brancos? e tambem temos a parte do noa que seria interesante saber como a arca evoluiu atew chegar naquele ponto , bom esse é com certeza um one shot que recomendo a todos (só essa semana já fiz varios amigos meus o lerem)

    sobre a recomendação de one shot , tenho dois one shots que gosto muito um do yusei matsui(autor de neuro e ansatsu kyoshitsu) e outro de takehi inoue(autor de slam dunk e vagabond)
    o do matsui é uma doideira total como é de costume do autor parece que ele não se contenta em criar historias normais
    http://shinsekaiscans.wordpress.com/tokyo-department-war-memoir/

    o do inoue j´é mais pé no chão como sempre a arte fantastica
    http://shinsekaiscans.wordpress.com/piercing/

    ps:judeu o filme de naruto a qual voce se referia era o road to ninja, se sim o filme é muito bom não entendi por que o achou ruin

  16. Este enquadrado foi ao cubo (n³), entederam? Ok, horrível.
    Ainda não sei se a Mariana ouviu, desencontros da vida universitária, mas ela tem namorado, eu, por enquanto, estou só (aviso as garotas de BH).

    Lembro de ter lido Because Goodbyes, que achei bem legal, e Hotel a muito tempo atrás e não ter achado grandes coisas, não sei se li a versão coreano ou se estava de má vontade.
    Interessante que sempre que ouço falar Hotel e manga na mesma frase fico a pensar em Hotel de Shotaro Ishinomori, manga que não consigo achar em idioma algum, o que é paradoxal pois é uma das melhores obras do renomado Shotaro Ishinomori, que é junto com Tezuka um dos autores que é a espinha dorsal da história do manga. Na verdade chega a ser estranho os autores clássicos como Tezuka e Ishinomori e Go Nagai sejam tão pouco falados, conhecidos e lidos.
    Bem… pelo menos temos a New Pop lançado coisas do Tezuka.
    Á proposito, será que rolaria um enquadrado, ou, no caso de uma ressurreição do Mangatologia, uma mangagrafia do Shotaro Ishinomori?

    Inté.

  17. Eu realmente adorei a história de Hotel, especialmente a sensação de desolação conforme aumentam-se os saltos de passagem de tempo. Lamento muito pelas outras histórias do cara serem tão ruins (segundo vocês).

    Quanto a Island, por mais que tenha gostado das mensagens passadas, não consegui deixar de me incomodar com os detalhes de roteiro. Seja a garota que magicamente sabe ler uma língua esquecida, ou a onda gigante numa altura tão pequena e… que não espirra água e cuja maré não muda, ou os adultos todos amiguinhos e sonhadores de volta no final. Enfim, não consegui deixar essas coisas de lado =

  18. Pingback: Inverno de 2014: Nisekoi | Ao Quadrado ²·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s