Mangá² #38 – Bokurano

Sejam novamente bem vindo ao episódio treis-oitão do Mangá², o podcast que morrer esmagado pelo robô-tambor.

E nessa semana voltamos com o Mangá Enquadrado! Dessa vez com uma análise (mais ou menos) completa e COM SPOILERS do já recomendado: Bokurano.

Então pra quem já leu o mangá, venha conosco nessa intrigante jornada, onde tentaremos analisar e discutir não somente os incríveis personagens, mas também os grandes motivos, os motores do enredo e as grandes temáticas levantadas na obra. O que faz Bokurano, ser Bokurano?

Na recomendação semanal tivemos um mangá ainda em andamento e que possui uma execução pura e excelente do slice-of-life.

Contato

O seu contato é muito importante pra nós! Queremos sempre a sua participação comentando os capítulos, a pauta sugerida, enviando sugestões de leitura, pedidos de sugestões específicas, elogios e críticas em geral, qualquer coisa!

O email para contato é: contato@aoquadra.do

E lembre-se de encaminhar seu arquivo .mp3 com uma gravação de Recomendação do Ouvinte, que será incluída a cada 5 episódios.

Cronologia do episódio

(00:20) Discussão Semanal – Mangá Enquadrado – Bokurano

(42:00) Leitura de Emails

(1:00:30) Recomendação da Semana – Again!!

Download (CLIQUE COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE E ESCOLHA A OPÇÃO “SALVAR DESTINO COMO…” OU “SALVAR LINK COMO…”)

16 Respostas para “Mangá² #38 – Bokurano

  1. Infelizmente vo ter q pular esse Mangá², to lendo mta coisa e ta dificil achar um espaço pra Bokurano, mas daki um tempo eu leio e volto aki só pra ver suas opiniões sobre esse mangá q parece ser bastante interessante

    • Tranquilo, isso seria inevitável, muita gente vai pular mesmo. Mas o programa vai ficar aí pra sempre pra ser ouvido, então tá beleza!

  2. Só escutei as leituras de e-mails, e me lembrei das aulas de ensino médio sobre Horkheimer, Adorno, e a Industria cultural da escola marxista de frankfurt.

  3. Manga Enquadrado providencial, já que comecei a reler Bokurano depois da recomendação há uns podcasts atrás, hahahah.

    Tô com o Judeu, minha personagem e backstory favorita é da Komoda, lembro de ter parado muito tempo pra refletir depois dessa história, mesmo que ela não tenha o mesmo “peso” das anteriores, é muito legal e a personagem é boa. E a da idol é bem bestinha mesmo, mas ela é a única que é “gorada” nas lutas e ainda assim pediu pra ser televisionada, achei isso interessante.

    E algo a ser notado é que, mesmo não sendo o foco, o Kitoh fez um grande trabalho nas lutas de mecha. Eu não sou fã do gênero, mas as lutas são bem detalhadas, sempre bem concisas e foi algo que gostei.

  4. Sobre o comentário da semana passada, não foi nada pensado, é que como geralmente o Estranhow da esse tipo de informação(acadêmica) no podcast, achei que você, e claro o Judeu provavelmente conheceriam, afinal consigo muito dessas informações por vocês.

    Curti a recomendação, mais um pra lista, aliás me formei, achei que teria tempo para ler mais mangás e o videogame está roubando meu tempo,preciso de um time pra ler mais. (E reativar o blog)
    Comecei ontem Bakurano quem sabe não mando uma mensagem atrasada sobre o mangá.

  5. Deixa eu fazer uma pergunta que não tem a ver com o mangá discutido, qual é a música da abertura? Ficou na minha cabeça haha.

  6. Putz! Pensei que Bokurano era só no episódio 40… Já assisti o anime, mas queria ler o mangá também. Na verdade, já comecei, mas ainda não terminei. Acho que vou esperar pra ouvir este episódio só depois que terminar.

    Mas tô curtindo bastante até onde vi. Algumas coisas notei diferença, outras foi bom relembrar…

    Então, quando terminar e ouvir o podcast, volto aqui pra comentar…rsrs

  7. Bokurano foi uma grata surpresa e me traz algo a pensar, que por sinal da um ótimo cast, o termo descontrução, coisa que tem ficado cada vez comum. Como o, ainda não vi/li, Madoka Magica.
    Vocês falaram que na verdade foi uma deturpação/ subverção. Qual é a diferença?

    Interessante esta coisa da releitura, ainda não reli Bokurano. Deixarei um temqqo passar um pouco pra reler.
    Interessante esta coisa da musica, eu estava ansioso qqra saber de onde ela era e estou pasmo com a informaccao.
    Cara, e é que mesmo rola uma metalinguagem do manga.

    Um dos pontos que gostei de Bokurano foi esta coisa das baixas civis e as conseqüências distos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s