Mangá² #11 – Solanin

Sejam novamente bem vindos ao décimo primeiro episódio do Mangá², seu podcast semanal sobre mangás!

Como avisado na semana passada, neste programas analisamos por completo e com spoilers a obra Solanin, de Inio Asano, publicada em português pela editora L&PM. Tentamos encontrar as mais diversas simbologias e prestamos atenção nos pequenos detalhes da narrativa do autor.

Na análise dos capítulos semanais da Jump, falamos sobre a quantidade absurda de informações (no bom sentido) no capítulo de One Piece, resolvemos ter um pouquinho de paciência com Naruto e exaltamos o jovem cozinheiro protagonista-com-cara-de-figurante de Toriko!

E uma nova recomendação da semana, com um mangá que é um passo além do passo além. Um josei difícil de se ler, mas com muito conteúdo!

Links Comentados

ToCast sobre a Mangagrafia de Inio Asano, onde falamos de todas suas obras, inclusive Solanin (é livre de spoilers, caso não tenha lido nada do autor)

Contato

O seu contato é muito importante pra nós! Queremos sempre a sua participação comentando os capítulos, a pauta sugerida, enviando sugestões de leitura, pedidos de sugestões específicas, elogios e críticas em geral, qualquer coisa!

O email para contato é: contato@aoquadra.do

Cronologia do episódio

(01:18) Análise de Solanin

(25:50) Leitura de Emails

(35:42) One Piece 682 – Mentor
(41:22) Naruto 602 – Estou Vivo!
(45:36) Toriko 204 – Um Novo Método de Cozinhar

(51:45) Recomendação da Semana – Helter Skelter

Download (CLIQUE COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE E ESCOLHA A OPÇÃO “SALVAR DESTINO COMO…” OU “SALVAR LINK COMO…”)

23 Respostas para “Mangá² #11 – Solanin

  1. Mais um ótimo poadcast. Algo que eu queria comentar rapidamente, sobre Naruto. Se não for bullshit total aquela história de estarem em um mundo paralelo entre a vida e a morte, o Madara pode já estar morto. Não sei exatamente como, mas aquela idade velha dele pode ser a maneira que ele está nesse mundo, podendo ter morrido “normalmente” enquanto era jovem, na idade que foi revivido.

  2. “Se não for bullshit total aquela história de estarem em um mundo paralelo entre a vida e a morte, o Madara pode já estar morto. ”

    Isso foi uma metáfora, já que os dois, tanto Madara quanto Obito, estavam quase mortos.
    Depois, Madara explica direitinho que Obito caiu numa passagem subterranea por onde ele se movimenta.

    E eu gostei pra caramba desse capítulo.
    Era preciso mostrar que a idéia original partiu de Madara e ele pode estar simplesmente manipulando Obito, trazendo o cara aos poucos para seu plano. Se essa idéia de “salvar o mundo” for genuina, ai sim Kishimoto vai ter que rebolar novamente pra explicar essa mudança drástica de personalidade.
    E foi legal Obito não dando a mínima atenção ao discurso do cara. Isso tem que ser uma transformação lenta. E ele até pensou no Kakashi com alegria: “Eu posso ficar mais forte, e ai nós dois vamos poder proteger a Rin”, sem qualquer tipo de ciúmes ou inveja.Muito provavelmente as palavras do velho só vão ganhar mais peso com a morte da Rin.

    • Verdade, esqueci dessa parte da passagem. Eu não odiei o capítulo, mas não gostei da comédia exagerada, mesmo que faça parte da personalidade do Obito. Repetir coisas é bem comum, Kishimoto fez isso no capítulo 599, repetindo boa parte da história já contada no Kakashi Gaiden, mas acho um saco. Ainda tenho esperança no Obito, entretanto, acho que sua evolução pode ser bem feita, seguindo um pouco o Sasuke, que mudou seu modo de vida pelo Itachi e depois pelo Orochimaru (e depois pelo próprio Tobi). Eu ainda acredito que possa ter um desenvolvimento interessante aí, com ele mudando totalmente sua visão do mundo com a mãozinha do Madara, mais a morte da Rin. Algo que ainda me incomoda bastante é que eu não consigo ver o Obito como Tobi, parece que são pessoas diferentes, o que pode ser explicado, além de que talvez tenha a ver a maneira como a personalidade do Tobi (e do Obito) mudou tão drasticamente, de um maluco brincalhão pra um arrogante sério.

      • Também sou a favor da mudança lenta na personalidade do Obito. Não teria o menor sentido ele mudar da água pro vinho depois de passou nos “últimos momentos de sua vida”.

  3. Fiquei na duvida se o estranho é muito gênio ou q sou muito burro , mas … como tem coisas q o judeu também não percebeu vou considerar a primeira opção kkkk.
    Muito bom o podcast !!
    Eu espera que vocês me explicassem o garoto falando com a meiko , eu pensei em varias coisas : o garoto podia ser o q a meiko achava q o taneda queria , o garoto podia ser o próprio taneda desejando boa sorte … sei lah …. como a meiko nunca tem uma ação ela podia ter inventado o garoto pra ter um motivo pra tocar (por que ela é insegura e precisa de apoio)

    • Poxa cara, bem interessante essa sua análise. E é exatamente por isso que garoto sumiu quando a Ai apareceu, apareceu um apoio, então ela não precisava inventar mais nenhum. (Poderia até viajar MUITO mais e criar teorias da Meiko ser um pouco esquizofrenia, afinal de contas, ela fisicamente vê o “eu” dela do passado atravessando a rua.) Legal!

  4. Mandara vivo..haha…Highlander agora…
    Que mangá de ninja e esse..
    Ainda volta novo…
    Caraca forçou mt isso..
    Horrível …

    • Eu pensei nisso desde o 601. Pensei no retorno de cada um no “auge da vida”, mas depois de ver o Madara velho, perdi minha teoria. Isso ainda é um mistério, ou o Kishi vai deixar pra lá…

  5. Penso que Usop só vai usar aquelas estratégias dele quando a situação ficar preta de verdade.Depois do treinamento com Heracles,legal a maneira que Oda fez referência ao maior héroi grego, não vai ser qualquer coisa que o abale. A esperada batalha entre Usop e o Auge,este uma referência a Adolphus do Barão de Munchausen,vai ser uma luta estratégica onde o menor erro pode significar a morte.
    Continuem as suas análises e suas opiniões,gosto quando as ideias são divergentes,tô acompanhando vocês agora,graças ao Video Quest de Soul Eater.

  6. Excelente cast! Adoro Solanin, foi a primeira obra do Inio Asano que li (hoje um dos meus autores favoritos) e cada vez que leio, descubro mais facetas dessa obra!
    O que me chamou a atenção nao mangá de primeira foi a transição para a vida adulta de fato. Quando percebemos que a vida não é tão bela assim, que nem tudo que sonhamos ou planejamos acontece… De um lado temos os sonhos e de outro as contas para pagar.
    Quanto ao acidente do Taneda, se você reparar tem marcas de derrapagem do carro (No chão perto da porta aberta) e ele esta em cima da faixa de pedestres indicando que estava em movimento no momento exato. Mas eu não consigo definir muito bem se ele se matou ou não, já que o carro tá meio longe… Acho que fico com essa conclusão de que ele queria se matar inconscientemente, já que era óbvio a vontade dele de fugir dessa situação. (Ele chega a dizer pra Meiko que iria terminar e o pai dele diz que ele queria voltar para casa)

    Quanto a One Piece, eu também tive a mesma sensação de “Alabasta/Crocodile” quando li esse capitulo. Espero que seja verdade isso, pois para mim depois do time skip o mangá tem ficado menos interessante. (Aliás, time skip que não serviu pra muita coisa, já que todos os personagens meio que voltaram a serem os mesmos de antes)

    Em Naruto: Já estou menos irritado com o fato do Tobi ser o Obito, já que “parece” que será explicado. Mas se o Naruto e companhia derrotarem o Madara e Obito, eu quero ver qual a desculpa para o Sasuke conseguir enfrenta-lo. Enfim, continuo defendendo a teoria que Naruto já deveria ter acabado faz tempo. (Mas se nem Bleach que tá pior acabou ainda né)

    • se vc seguir a linha da calçada (meio-fio) vai ver q não tinha como o taneda bater no carro pelo angulo em q ele estava indo , e a as marcas de pneu da moto do taneda apontam pra cerca (q está amassada) , o carro tambem está sem nenhum arranhão , e as derrapadas do carro seriam simplesmente a brecagem .

  7. Fui observar melhor aquela cena da Baby 5 e parece que ela é usuária de akuma no mi,ela transforma os braços em armas,de uma bazuca para lâminas. Tenho a impressão de que todo o bando de DomQuixote Doflamingo esteja sob controle dele como marionetes e só Baby 5 consegue sair do controle de vez em quando,mas é sobrepujada.

  8. Ótimo cast! Mais uma vez com uma discussão legal!

    Conheci Solanin através do ToCast. O Inio é um mangaká genial. Cada detalhe de suas obras nos mostra um novo ponto de vista. É incrível!

    Sobre Naruto: Bem… eu gostei do 602. Me deu um certo sentimento de “esperança renovada” no Kishimoto. Gostei do ritmo que ele escolheu pra desenvolver o Tobi no Obito… É importantíssimo saber que a mudança de perfil do Obito não foi instantânea…

    Sobre a juventude pós-endo do Madara… já não sei… achei que ele ser perdeu um pouquinho ou ele só não se importou em dar alguma explicação por enquanto…

    One Piece: Tô correndo! Já passei da metade da série. Se essa saga for tipo Alabasta, vai ser ótimo. Melhor saga até agora (até onde eu vi).

    Toriko: Ainda não encontro forças pra ler a série. Talvez, que sabe, depois de OP…

  9. toriko foi legal mais ficou meio exageraado demais o komatsu ter feito algo que nem a setsuno e capaz(pelo menos acho que ela nao e capaz ja que nao fez praticmnete nada ali estragando uma personagem que parecia incrivel)em 5 minutos e mais 5 pra dar gosto bom tirou o drama de ter milhares de vidas nas costa dele tirando isso foi um bom capitulo

    sobre o edomadara estar jovem o kabutomaru disse que ele era uma invocaçao diferente especial melhorada pra estar no seu alge, achei o obito muito parecido com naruto

    o oda fez um capitulo como a muito nao vi desde o inicio do novo mundo e realmente deu uma aparencia de que a coisa andou nesse capitulo e o legal foi mostrar o dom flamingo
    nao sou fa dele mais desde a guerra com todos girando junto com a ilha e so o dom flamingo parado em pe rindo junto com BB eu sabia que ele ia ser algo grande no manga

  10. *Slowpoke*
    Devorei o mangá entre hoje e ontem, e só agora vim atrás do podcast. Foi a primeira obra de Inio Asano que li, e me apaixonei. Arte linda, momentos espontâneamente hilários, e outros em que a angustia e a melancolia vão te consumindo a cada quadro.
    A princípio tinha achado a morte do Kaneda uma atitude meio covarde de roteiro. Seria clichê, e um recurso meio… apelativo. Mas ao parar para pensar em como a cena foi costruída, e nas consequências, o acontecimento acabou caindo bem, sim. Suicídio? Não sei, mas com certeza, ele estava infeliz naquele momento… especialmente ao ler o volume 2 e ver o quanto ele afirmava e reafirmava sobre seu sonho, e a aceitação no fim do primeiro volume concretizou essa desilusão para ele, reafirmada pelo coelhinho na pergunta “Tem certeza?”.
    Eu até vi algo positivo de mensagem, acredito que por mais merda que o mundo adulto seja, você tem que ter o seu escapismo, aquilo que te torna único e que não deve deixar que a sociedade destrua em você… acredito que foi isso que significou a banda e os amigos para a Meiko no final, um consolo, ou melhor, a saída para a vida que ela (e os demais) ia encarar dali pra frente.

    Abraço depois de 2 meses de publicação do podcast, hahaha.

  11. Pingback: Annarasumanara | Ao Quadrado ²·

  12. Pingback: Coming of age e a Adolescência | AoQuadrado²·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s