Mangá² #10 – Aprendendo Japonês com Mangás

Sejam novamente bem vindos ao dééécimo episódio do Mangá², seu podcast semanal sobre mangás!

Na discussão não-tão-aleatória dessa semana, analisamos e discutimos as formas em que se deve adaptar um mangá para a nossa língua, incluindo honoríficos, contexto japonês, nome de golpes, entre outros.

Na análise dos capítulos da Jump, acendemos uma pequena chama de esperança em Naruto, chegamos ao concesso do nosso personagem favorito em Toriko etentamos (novamente) entender o ritmo de One Piece.

E claro, sempre uma nova recomendação da semana. Desta vez, um mangá que nem deveria ser recomendado, pois todos vocês já deveriam ter lido.

AVISO

Semana que vem teremos o mesmo esquema do podcast #5, só que dessa vez iremos analisar o mangá Solanin e quando digo “analisar”, digo com com spoilers e tudo o que tem direito. Por isso, se você ainda não leu Solanin, trate de comprar e ler até semana que vem para poder acompanhar o episódio!

Contato

O seu contato é muito importante pra nós! Queremos sempre a sua participação comentando os capítulos, a pauta sugerida, enviando sugestões de leitura, pedidos de sugestões específicas, elogios e críticas em geral, qualquer coisa!

O email para contato é: mangaaoquadrado@gmail.com

Cronologia do episódio

(00:19) Discussão da Semana: “Aprendendo Japonês pelos Mangás”

(28:40) Leitura de Emails

(45:11) Naruto 601 – Madara e Obito
(52:36) Toriko 203 – Antidoto Gourmet!!
(57:44) One Piece 681 – Luffy vs Master

(1:04:50) Recomendação da Semana – Solanin

Download (CLIQUE COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE E ESCOLHA A OPÇÃO “SALVAR DESTINO COMO…” OU “SALVAR LINK COMO…”)

23 Respostas para “Mangá² #10 – Aprendendo Japonês com Mangás

  1. Sobre Naruto

    Bem.. nem vou falar sobre a ultima pagina do mangá pq ñ quero acredita no que eu estou pensando ( espero que ñ seja msm).
    Falei em alguns lugares que a luta do Mandara x Kages ñ apareceria seu desfecho , bem eu estava certo.
    Outra quem já viu Star Wars (o antigo) quando Luk convence o Vader a lutar contra o Imperador ?
    Que apostar que o Tobi vai se voltar contra o Mandara?Pq falo isso… Mandara é invencível ñ tem possibilidades de ser derrotado, qual a única pessoa que pode fazer isso é Tobi. Depois volta aquela msm rotina de Sasuke outra vez..
    Outra coisa ñ foi kabutomaru ressuscitou o Mandara ? tem coisa errada…
    Pq tem uma cena no mangá que o Tobi pira quando o kabutomaru mostra um dos seus ressuscitados. ( é certo que foi o Mandara)

    Cara é MT falhar nesse mangá..

  2. Vejo o uso de sufixos e nomenclatura necessário. Isso pode falar muito da relação dos personagens sem ter que ficar explicando. E muitas vezes a mudança desse sufixo pode representar uma grande mudança na personagem.
    Não acho que tem que ficar explicando toda vez o que é, e sim educar o leitor a entender aquilo sem ter que explicar.
    Isso pode cair até em traduções. O exemplo de falar “Eu” em japonês tem diversas maneiras, que refletem características das personagens, como que faz para traduzir isso sem explicar?
    É uma escolha de perder pacing da leitura ou perder conteúdo da mesma. Depende muito de manga para manga e de publico para publico. Por exemplo: o pessoal de Bleach não vai ficar chateado em perder conteúdo, não tem nenhum para começo de conversa.

  3. Tema polemico esse.

    Acho que se deve manter esses honoríficos, kun , chan, san , sama e ate outros como o aniki são importantes para a compreensão de uma obra.
    No exemplo do glossário de naruto onde repete todo volume a mesma coisa de um golpe.
    Não precisava !
    O leitor não é burro, se ele ler uma vez ele vai aprender, poderia muito bem ter os kun,chan,san etc etc no manga na 1° vez que vc ler você iria no glossário leria e aprenderia pro resto da vida. Se nos 5 ou 10 primeiros volumes tivesse esses termos no glossário seria mais que suficiente para você aprender o termo.
    Fora o fato que são muito importantes para um pleno entendimento da obra.
    Por exemplo um garoto que gosta de uma menina não chama ela pelo 1° nome e sempre usa o san ou chan.
    Imagina um manga que dês do começo ignorou esse fato e depois lá pra frente tem aquela cena com um clina entre eles e tals e dai ele passa a chamar ela pelo nome sem honorifico.
    O leitor que não acompanhou não vai perceber a diferença, porem só disso a relação entre eles já mudou totalmente.
    Como vocês falaram toda adaptação acaba perdendo alguma coisa, e essa perda é proporcional a diferença cultura entre os 2.
    Entre Brasil – EUA não tem muita diferença
    Já Brasil – Japão é uma diferença muito grande.
    Imagina Brasil – Arábia saudita, não tem nem comparação.
    Se mantendo alguns termos se minimiza e MUITO essa perda.
    Um exemplo que vcs falaram foi de entender o significado pelo contexto no caso do serviço militar na Coréia.
    Porem você apenas intendeu isso por que no Brasil temos algo semelhante
    Se você não tivesse experiência ( de vida) você muito provavelmente não intenderia.
    A maior desculpa que vi foi o fato de cortar a leitura, mais acho tão falho… esse argumento, quero dizer você não vai fazer isso em todo volume vai ? me perdoe mais tem que ser um retardado mental para não conseguir aprender os termos básicos depois da 1° leitura.
    Então uma vez que você foi “inicializado” nesse universo acabou esse obstáculo.
    E isso se aplica a tudo e qual quer obra, ou pegar um Harry potter por exemplo, depois que você aprende o básico do universo da obra, você não estranha mais termos como quadriball.

    Vale mencionar também que em toda obra, dês de um livro ate uma tirinha de jornal sempre é possível aprender algo novo.

  4. Sobre Naruto:

    Eu gostei do final também, mas também gostei da discussão de Madara com Obito…
    Deu pra interpretar algumas coisas:

    Discussão MxO:

    1. Eu achei que ficou claro que o Obito foi totalmente manipulado pelo Madara e que tudo foi planejado, desde o começo, por ele. Akatsuke, ataque à Konoha quando Naruto ainda era pequeno, etc…

    2. Com a discussão sobre a traição de Nagato, juntamente como o final, pareceu que Madara viveu muito tempo pra ele questionar o Obito sobre todo o plano.

    3. Refletindo sobre o poder do Nagato: percebe-se que quem matou o Madara foi o Nagato, já que ele só pode reviver quem ele já matou (acho que é isso)…

    Tsunade Half:

    1. Naquela parte da Tsunade eu fiquei com uma dúvida: A Tsunade fala o seguinte: “Deixe meu corpo pra depois. Agora você precisa levar os Kages para onde eu estou…”.

    Como assim??? Não é ela que está ali, dividida ao meio???
    [Será que foi erro de tradução ou eu entendi errado??? O.o]

    Recomendação da semana: Já conferi essa obra maravilhosa. Já tô ansioso pra ouvir a interpretação de você sobre ela!

    Inio Asano tem ótimas obras! Recomendo também! xD

    • Falando sobre a Tsunade…eu acredito que ela pediu para deixar o corpo dela para depois, pois ela já esta quase morrendo…mais ainda quer salvar os outros Kages

  5. O problema cronológico vai muito além do que vocês pensam, caras. Não sei o que aconteceu, se há alguma carta na manga do autor ou se ele simplesmente desistiu ao ver que tinha se enrolado em um nó de sua própria trama, mas os erros se tornaram gritantes depois da revelação de que Tobi é Obito. E a bola de neve continua girando…

    O capítulo 599 já dá uma quebra considerável na cronologia de Naruto. De acordo com o Databook número 2, Obito se graduou Genin com 9 anos de idade e Chuunin com 11, assim como a Rin. Kakashi se graduou Genin com 5 anos de idade e Chuunin com 6. Obito, Kakashi e Rin têm a mesma idade, todos foram à Terceira Guerra Mundial Shinobi com 13 anos de idade, mas como carvalhos eles puderam fazer o mesmo Exame Chuunin que Kakashi? Como? Os Databooks são feitos pelo próprio Kishimoto, como que ele ignora uma coisa destas, caras… Enfim, o rosto do Minato no Monumento Hokage também foi uma falha, pois ele só se tornou Hokage após a Terceira Guerra. Podem checar os Databooks e o próprio capítulo, a primeira página do Kakashi Gaiden também nos mostra que ainda não havia o rosto do Minato lá, mas não foi nada grave, não é a primeira vez que há falhas de desenhos, então este pequeno detalhe deve ser corrigido no lançamento do volume completo, mas só este, infelizmente.

    Um pouco mais atrás, temos um Madara revivido. O cara já dá indícios da ligação dele com Tobi após mencionar Nagato como um garoto e a surpresa ao descobrir ter sido revivido pelo Edo Tensei e não pelo Rinne Tensei de Nagato (Tobi já dá pistas desta ligação desde o capítulo 453; página 17). Ele chega cheio de marra e conta para Kabuto que morreu logo após ter despertado seu Rinnegan. Até aí, tudo bem, mas agora as coisas ficaram complicadas com esse capítulo 601… Tobi, agindo como Madara até então, diz para Konan que ela estava enganada quanto às origens da Akatsuki e dos olhos de Nagato. Foi ele (Madara) quem manipulou o jovem Yahiko a criar o que viria ser a maior organização criminal que o mundo shinobi já viu e foi ele (Madara) quem deu o Rinnegan para Nagato. Sim, cara, e aí? Aí a gente tem um plano de fundo da Segunda Guerra Mundial Shinobi para os acontecimentos da infância de Nagato. Jiraiya treinou Nagato primeiro, depois do término da guerra, ele foi treinar Minato, logo após o jovem futuro Hokage ter se formado Genin com 10 anos. Considerando, de uma forma bem, mas bem, bem otimista… Nós poderíamos dizer que Nagato tinha a mesma idade de Minato, que ele não era mais velho, mesmo que por alguns anos. Agora Kishimoto vai ter que explicar uma coisa: Dando o mínimo de 18 anos para Minato e Nagato, como Madara deu os olhos para um Nagato ainda criança, vive para ver ambos crescerem e vive para ver um Obito de 13 anos, sendo que ele morreu logo após ter despertado seu Rinnegan, Rinnegan este que teria sido dado a Nagato? Porra, ele já tinha perdido seus olhos lá atrás, devia estar morto, ou Tobi simplesmente mentiu, não sei por qual motivo, ou Madara tem um senso de tempo bem deturpado, porque o mínimo de duas décadas não soa como um “logo após” para mim, nem mesmo nos mangás mais forçadores. E fica aquela coisa no ar, porra, então Tobi mentiu durante todo esse tempo? Por quê? Isto me faz pensar no que vocês disseram no Podcast 09: uma coisa é o autor usar do genjutsu, que é um recurso que todos nós conhecemos, para enganar o leitor, é uma indução ao erro, outra coisa é, porque se tornou conveniente, do nada, negar tudo que uma personagem já falou. Isto é enganar o leitor, não é mais indução ao erro, ele apresentou fatos que mais tarde, viriam a se tornar mentiras para que o enredo se encaixasse, mesmo que ainda houvessem falhas.

    Bem, o incidente da Kyuubi em Konoha acontece 12 anos antes ao ínicio da série clássica, com um Naruto que acabara de nascer. Kakashi inicia a série clássica com 26 anos, partindo daí, se ele tinha 13 anos durante a Terceira Guerra Mundial Shinobi e o incidente da Kyuubi ocorreu 12 anos atrás, a conta fica bem simples. Aí fica toda aquela coisa de como Obito conseguiu tanto poder dentro de 1 ano… Como ele conseguiu se tornar um ninja tão habilidoso, que conseguiu roubar, hipnotizar e usar a Kyuubi ao seu bel-prazer e, ao mesmo tempo, ter sido páreo contra Minato em uma luta mano a mano. Sabe, tem que ter uma explicação muito boa mesmo, muito boa, porque nenhum ninja da série conseguiu tanto poder em tão pouco tempo, nem mesmo os mais talentosos, pode dar uma olhada na obra.

    Kishimoto vai acabar encaixando um viajante do tempo para explicar toda esta merda aí, ou, na pior das hipóteses… A dimensão do Kamui teria servido como a Sala do Tempo de Dragon Ball. Mas sou como o Judeu Ateu, não consido ser “hater” de Naruto.

    • Já vi muita gente falando dessa questão da gradução do capítulo 599 de Naruto, falando que é erro do Kishimoto, mas, na real, é a galera que não tá sabendo ler um capítulo mudo ou visualizar alguns recursos de passagem de tempo.

      Cara, o caso do Kakashi é igual ao do Shikamaru: Ino-Shika-Cho prestou exame junto e só Shikamaru se tornou Chuunin naquele exame.

      Kakashi se tornou Chuunin logo após derrotar o Gai no exame. Só ele se tornou Chuunin ali. O tempo passa… é só olhar os quadros posteriores, um com neve e o outro com cerejeiras, caso não esteja enganado, enquanto o Obito tá treinando. Aí depois aparece o Obito se tornando Chuunin.

      No capítulo 599, a única quebra cronologica é o rosto do Minato mesmo.

      • Na verdade, você não está sabendo interpretar o capítulo relacionando as idades ou a passagem de tempo. Iniciamos o capítulo com a entrada de todos na Academia Ninja. Ponto. A página seguinte já nos é mostrada a segunda parte do Exame Chuunin (lembrando que Kakashi, Obito e Rin teriam 6 anos de idade; Obito e Rin ainda teriam mais 3 anos pela frente para terem se graduado Genins e só então, participado de algum Exame Chuunin), temos mais algumas páginas com o Minato e com o Obito chegando atrasado, então, um embate entre o Trio Minato contra o trio composto de Gai (graduou-se Genin com 7, ainda não poderia ter participado do Exame), Genma (graduou-se Genin com 10, também não poderia) e Ebisu (que se graduou Genin com 10, também não). Obito leva um chute na cara e então vem a página com a face de Minato erroneamente colocada no Monumento Hokage. Nos é mostrado um Obito em treinamento, se preparando para a terceira fase do Exame Chuunin, sua luta é contra Gai e ele é derrotado. Gai enfim luta contra Kakashi e este vence, graduando-se Chuunin com 6 anos (confirmando a cronologia mencionada anteriormente), como podemos ver o mesmo segurando seu documento de graduação Chuunin. Aqui temos uma passagem de tempo, Obito está treinando para ficar mais forte e conseguir se graduar, o painél abaixo nos mostra que ele finalmente conseguiu se graduar Chuunin (teria 9 anos, assim como Rin, que se graduou e tem a mesma idade que ele). Há uma possível passagem de tempo aqui, Rin sussurra no ouvido de Obito, que o mesmo interpreta como um encontro, que na verdade, era uma reunião para presentear Kakashi que teria se graduado Jounin e então, na página seguinte, temos o trio e seu mentor, Minato, seguindo para o que seria a missão da Ponte Kannabi (o trio teria 13 anos). A matemática é bem fácil aqui, espero ter esclarecido qualquer dúvida, mas caso ainda tenha alguma, você pode checar os Databooks, o capítulo em questão ou algum artigo no Naruto Wiki (americano, por favor).

        • Muito bem analisado. Eu não tinha pensado dessa forma. Acredito que é por aí mesmo…

          Repito mais uma vez…

          Kishimoto cagando na meia furada e rodado! UHUUUUUUUU!!! HEHEHEHE!!

  6. Há coisas que tem adaptação ou que se pode contornar porque não faz muita diferença, mas sempre é perceptível pra quem estuda japonês desde pequeno.
    Bem, continuo baixo mas honoríficos não dão tanta diferença na hora de ver um anime porque você acaba escutando ele e entende o contexto.
    Agora em mangás quando os honoríficos fazem diferença, como pra saber o relacionamento entre personagens, é tenso ler sem eles principalmente no começo.
    Não só honoríficos mas algumas palavras como okaeri, tadaima, itadakimasu, watashi, boku, ore e etc. Porém esse é meu caso e minha frescura.

    Ah sim, já usaram honoríficos pra mim, mas pela língua e não por otakice.
    E não sei se é o caso, mas ninguém tem o direito de reclamar de pronúncias, pois ninguém tem o dever de aprender japonês.

    Boa recomendação, espero que continue nesse “nível”.

  7. Ei estranhow sou novo nos undergraunds,, tenho 12 anos e queria uma manga undergraund que seja bem leve , desde de sempre valeu 🙂

    • Esse “leve” serial algo como “sem sangue”, “sem terror”, “sem bundas”? Cara, não sou o Estranhow, mas… Bem, você pode tentar uma leitura mais “obrigatória” e que não é mais tão underground assim, que é Kaiji (Tobaku Mokushiroku Kaiji), obra do Fukumoto Nobuyuki, que por sinal, tem uns trabalhos muito bons, você deve checar quando tiver tempo ou quando lhe interessar. Lembrando que por enquanto, há 3 partes, então você começaria pela qual eu mostrei agora. “Boys on the Run” e talvez, talvez… “Prison School”, que é um mangá de comédia/psicológico com um adendo de ecchi ou putaria, como preferir. Tem umas recomendações excelentes que você pode seguir no final de cada podcast, Loki. Espero ter ajudado.

    • valeu galera , judeu ateu eu gosto de mangas com bastante batalhas piscologicas , continuem com o bom trabalho galera do mangatologia , valeeu 🙂

  8. Que pena, virou sessão pra discussão de Naruto, apenas. KKK
    Enfim, com relação às adaptações de editoras, eu entendo os argumentos de vocês. Mas, sinceramente entre uma adaptação que me desagrade e uma nota EXPLICATIVA no glossário, vou preferir o glossário. Mesmo que isso reduza a fluidez da leitura, me permite entender melhor o que o autor está dizendo, ou o que os costumes significam.

  9. Com os casos que vcs contaram como o Oda Nobunaga, lembrei de Gintama que esse mesmo cara aparece em alguns episodios junto de outros imperadores, so que como fantasmas, e eles interagem entre si. So que eles apresentam meio que uma richa. Na historia da pra perceber q eles eram generais e imperadores antigos do japão, mas n da pra perceber pq eles n se gostam e etc. So pesquisando percebi que havia uma historia de traição em que um assassina o outro e entre outros casos. Acredito que a pesquisa e esse interesse esta bastante presente no publico otaku, por causa das grandes referencias da cultura japonesa nos titulos. Talvez seja por isso que a cultura otaku n se desenvolve muito, pois as pessoas gostam de receber “mastigado” as informações, que forma facil e que elas entendam, n pesquisam e n teem curiosidade. Gintama é um titulo repleto de refencias, muitas MESMO, e elas são bastante inteligentes, mas muitas pessoas n se interessam porque n conhecem. Naruto fez fama no brasil, pois ele apresenta uma versão ficticia dos Shinobi que ja esta presente e é difundido pela cultura mundial, assim as pessoas compreendem de forma mais facil e se interessam. Acredito que seria isso.

  10. Gostei do cast axei bom, mais acho que os donos do blog tinah que participar mais ae nos comentarios, parece que vcs lançam o cast e não tao nen ai pra opnião dos ouvintes.
    Não tem por quem comentar mais no futuro se for pra falr com o vento ne.

  11. olha gostei muito do seu podcast vejo desde do começo mais so hj tive coragem de comenta adorei a ideia de da um “passo alem” e ate agora estou indo atras da maioria do mangas q vcs recomendao a sim e sobre bleach tipo o objetivo pow e muito logico e mostra
    as bankai e shikai da galera por isso ta tendo essa saga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s