Vinland Saga #85: E a história começa agora!

Pra falar a verdade, queria comentar sobre este capítulo no Mangá², mas devido a alguns imprevistos acabou que não conseguimos. Desta forma, resolvi trazer minhas opiniões gerais sobre este espetáculo narrativo que foi o capítulo 85, portanto, se você ainda não leu Vinland Saga (o que você está fazendo?), saia agora pois ESTE POST CONTÉM SPOILERS.

Entendo a irritação de muito gente com a Farm Saga, entendo que para muitos faltou empolgação, faltou violência e faltou ação, mas pessoalmente achei fantástico e mais do que isso, totalmente necessário. É possível evidenciar a importância de Farm Saga pelas próprias reclamações dos leitores, muitos reclama que sentem saudades da ação frenética, ou que sentem saudades de como era antigamente, mas ninguém manifesta sentir saudades do Thorfin, ou de como o Thorfin era antigamente, e isso é importantíssimo.

Quando temos em uma história, uma mudança no carácter do personagem que não precede de um desenvolvimento justificável, a base de leitores normalmente reclama que gostava do personagem antes de “tal acontecimento”. Por isso que podemos ver o quão necessário e BOM foi FarmSaga. Após um choque gigante que deixou o personagem principal completamente estático, tivemos um longo e muito bem estruturado desenvolvimento que transformou Thorffin, de um assassino psicopata, louco por vingança, em um pacifista que sonha em encontrar uma utopia para viver, sem nunca parecer forçado. Alias, além de não parecer forçado, nos fez manter e aumentar a simpatia pelo personagem, nós finalmente entendemos quem é Thorffin e o que ele quer da vida e isso foi completamente fantástico.

                                            “Poxa, como um arado é foda”

Enfim, não quero me aprofundar muito em Farm Saga, acho que vocês pegaram a ideia, o importante para este capítulo é que mesmo que eu entendia a importância de todo este desenvolvimento, isso não negava o fato de que o pacing estava bem lento. Poucos momentos altos, desenvolvimento vagoroso, tudo isso é interessante, mas eu realmente, do fundo do meu coração, sentia saudades daquelas cenas de lutas empolgantes que o autor constrói tão bem.

Por isso que quando, no final do capítulo, o Thorffin resolveu que vai lutar para proteger seus queridos e teve esta cena totalmente arrepiante, dele tomando posição de combate, não havia mais nada que eu conseguia pensar além de “VOLTOU!!! ESSA PORRA VOLTOU!! VINLAND SAGA!! VOLTOU COM TUDO ESSA MERDA!!!!”. Foi realmente muito empolgante, mas foi quando eu parei pra analisar o capítulo para o Mangá², que eu tive que parar pra pensar, será que realmente “voltou”…

Antes da tal cena empolgante no final, tivemos uma outra cena ainda mais importante, que acredito que a maioria soube dar o devido valor. Ao se deparar com com Snake vindo em sua direção, Thorffin percebe que seus dois novos conceitos de vida, ambos construídos muitos bem durante a Farm Saga, estão prestes a entrar em conflito. Neste momento, aprece um dos personagens mais “queridos” de todo o mangá: Askeladd.

A aparição de Askleadd como um sub-consciente de Thorffin é uma das cenas mais geniais em todos estes maravilhosos 85 capítulos. É incrível como essa aparição condiz exatamente com o que se passava na cabeça de Thorffin naquele momento e com o que Askeladd representava como personagem antes do time-skip. O falecido Comandante Viking, representou nessa visão do personagem principal, exatamente o que ele era antigamente, não estava ali pra dar respostas nem explicações para Thorffin, estava somente pra fazer o garoto encarar a realidade e calcular os seus verdadeiros problemas.

Se o filho de Thor antes do time-skip deixava as palavras de Askeladd simplesmente passarem reto, desta vez parece que o homem resolveu dar atenção e calcular qual seria a melhor resposta para o seu verdadeiro problema. E agora eu pergunto: quando foi que tivemos, durante uma batalha, o desenvolvimento interno de Thorffin desta forma? NUNCA! O garoto atacava tudo que se mexia, não havia pensamentos, conflitos, ideais, era tudo só ação seguido de sangue e mais sangue. Quando foi que tivemos um pensamento interno de Thorffin não relacionado à batalha, durante a batalha? NUNCA! Era tudo voltado para a batalha, para as cenas de ação e para o contexto geral por trás daquilo.

Por isso que não digo, e peço que vocês também não digam, que Vinland Saga voltou, VINLAND SAGA, COMEÇOU AGORA!

Neste capítulo, pela primeira vez na história, tivemos a incrível capacidade do autor de construir batalhas empolgantes, como visto antes do time-skip, combinado com a maestria que ele executou no desenvolvimento psicológico do personagem, depois do time-skip. Esse junção foi totalmente espetacular e me deixou muito empolgado para as coisas incríveis que poderemos ver nos capítulos que estão por seguir. Vinland Saga começou agora e começou excelente, o autor ganhou novamente minha total confiança, vai pra frente Yukimura, faça desta a sua master-piece!

7 Respostas para “Vinland Saga #85: E a história começa agora!

  1. As duas páginas com o Askeladd me fizeram suar e sentar na beira da cadeira mais do que qualquer coisa nos últimos tempos. Assim como no Fim do Prólogo, todos nós somos Thorfinn naquele momento. Lutar para salvar os fracos, ou não lutar para salvar a si mesmo? O que é justo, o que é CERTO? O que é o caminho de um verdadeiro guerreiro? As perguntas se mantém mais válidas do que nunca, e nem Thorfinn, nem eu, nem (arrisco dizer) ninguém encontrou as respostas.

    E pretendo continuar procurando com essa masterpiece. Vinland Saga está só começando.

  2. Acho que é realmente isso, daqui para frente não vai voltar ao que era, pelo contrario, vai ser totalmente diferente. PROVAVELMENTE o Trofin vai pegar algo de “punho aberto”, como visto na imagem, que é técnica de luta não mortal. Isso vai provavelmente levar ele a uma hora que não mortal não vai ser o bastante e novamente terá que fazer uma escolha, a mesma que seu pai fez todos aqueles anos atrás.

    • Sim, e acredito/espero que é neste momento que o autor faça o Thorfin superar o seu pai de alguma forma, faça o conquistar os seus ideais sem ter que morrer… veremos, acho que quando esse conflito acontecer o autor irá traçar paralelos muito mais interessantes entre Thor e seu filho.

  3. muito bom esse manga realmente essa saga e bem enjoada mais como vc disse da pra se ver a mudança no personagem desde quando ele chegou ate agora .
    vc acha que tem alguma chance de Vinland Saga e sun-ken rock serem publicados no brasil ?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s