ToCast 08 – Mangás Essenciais: Shonen Jump

Sejam bem vindos a mais um Table of Cast!

Neste episódio, Estranho, Bot e Henrique iniciam de forma polêmica e sem pudores uma nova série de podcast (novamente), chamada Mangás Essenciais. O objetivo da série é montarmos uma lista diferenciada sobre os mangás que nós consideramos essenciais do tema escolhido (não é um “Top”, não tem ordem exata).

O primeiro tema escolhido é o mais simples: Mangás Essenciais da antologia Weekly Shonen Jump!

Twitter: @aoquadra_do
Email: contato@aoquadra.do

Feed

Download (CLIQUE COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE E ESCOLHA A OPÇÃO “SALVAR DESTINO COMO…” OU “SALVAR LINK COMO…”)

18 Respostas para “ToCast 08 – Mangás Essenciais: Shonen Jump

  1. Boa lista, curti. Principalmente Gen, Houshin, Slam Dunk e One piece. O anime de houshin não é tão imprestavel enfim, pois serviu pra que eu conhecesse o mangá, e um dos meus autores favoritos =D

    Mas acho q dragon ball nao podia faltar.

  2. Boa lista.
    Faltaram algumas obras, é claro. Não daria para falar de todas no podcast. Mas não há muito o que discordar, talvez relativizar.

    Minha única discordância mesmo é Neuro. E o motivo é simples: acredito que o termo essencial não se encaixe representativamente com obra. Mas é apenas uma crença já que não sou conhecedor das obras de mistérios que a Jump já teve. Vai que Neuro é a principal delas, a mais popular… isso daria uma outra luz à obra.

    No caso de Toriko, que é polêmico, consegui visualizar de boa as justificativas dadas para sua inclusão. Mas são justificativas que dependem do futuro, né? Vai que tudo desanda… Ainda é cedo.

    Na minha lista não faltariam duas séries: Kimagure Orange Road e Captain Tsubasa.

    Kimagure Orange Road: um dos mangas de maiores sucessos na história da revista e um dos principais influenciadores dos mangas de romance/ecchi, sendo, caso não me falhe a memória, o mais vendido do gênero. Eu, como apreciador do gênero, não poderia deixar de citar Kimagure Orange Road.
    Já Captain Tsubasa seria basicamente pelo o fato de que o futebol é o que é hoje no Japão por causa de Tsubasa e sua turma. Um esporte que era semi-profissional, que mal havia nas escolas japonesas, se transformou por completo graças aos adolescentes que cresceram lendo a esta série.

  3. Bom, queria 1º da parabéns pelo bom Table of Cast (ou ToCast), e na minha opinião faltou falar do yoshihiro togashi (ou Mestre Toga), mas de resto foi uns dos melhores até agora ao lado do ”ToCast 06 – Antologias Shonen: Shueisha” .

  4. Achei super interessante esse Hadashi no Gen, fiquei curioso para saber se existem outros mangás que apresentam uma versão da guerra pelo ponto de vista dos que sofreram na pele.

    Em relação as outras obras escolhidas, fiquei muito feliz por terem escolhido o Slam Dunk e principalmente o Gintama(minha série preferida)…

    … e realmente, essa sinopse de terra invadida por alienígenas e blá blá blá não serve pra nada.

    Eu sei que vcs já comentaram em outros podcasts, mas seria interessante um programa que falasse somente sobre as obras “essenciais” que não fizeram sucesso na jump, seria bastante engraçado. huahsuiahhsaui

    … E se é um mangá sobre Badminton que você quer ler, eu o aconselharia o Smash!, é razoavelmente mais ou menos bom. ^^’

    Esperando o próximo ToCast..

  5. “Cada um vê a história que quer.”
    OKSDKODSSDOKSDOKDSOKSDOSKD Mancada do Estranho falar isso. xD

    Gostei do Podcast, acho que foi uma boa lista. Só ficou mamilos o fato de Toriko estar nela. *Nem li Toriko*

    Sobre Slam Dunk, é verdade, todo mundo gosta do Mitsui. Ele também é o meu personagem favorito. Várias Manly Tears lendo aquele capítulo do jogo do Sannoh “focado” nele.

    Continuem com o ótimo trabalho, pessoal do Mangatologia.

    • É. Ele estava na conversa e não ouviu direito, Aham, Cláudia.

      Se você está comentando sobre Dogashi Kaden, falamos 1 min no começo. Nem foi conteúdo do podcast.

  6. Zoação a parte, eu acho que faltaram muitas series, mas é a minha opinião. Mas como eles mesmo falaram são as series que eles acham essenciais…

    • Na realidade, o que você deve levar mais em conta ainda é que se faltaram muitas séries, como você mesmo disse, é porque o número estipulado foi pequeno. O podcast não é para durar uma tarde inteira.
      E, além de ser um número pequeno, os motivos de ser essencial, a sua intensidade, variam de cada um.

  7. mto bom podcast! apesar de que as 10 obras citadas juntas não formariam uma lista de essenciais tão justa;foi bom pra conhecer séries boas que não recebem a atenção que deveriam.falar que one piece e dragon ball são essenciais eh chover no molhado né.
    se bem que one piece tem tanta coisa que da pra falar que merecia um podcast só pra ele facil

  8. Ok, só agora eu tive tempo para ouvir o podcast, e concordo com praticamente todos os mangás que vocês citaram. Vou comentar sobre algumas das séries que vocês citaram aí.

    Slam Dunk:
    Ainda estou lendo (sim, me matem, eu ainda não tinha lido), apesar de ter lido apenas 5 volumes até o momento em que escrevo esse comentário, o mangá já tá mostrando que tem potencial para ser um dos meus favoritos. Não tem como não gostar do Sakuragi, o cara é o máximo.

    Hokuto no Ken:
    Leitura OBRIGATÓRIA! Classicão da Jump que DEVE ser lido (nem que seja pelo menos até a luta contra o Raoh).

    Toriko:
    Partilho da opinião do Henrique. Toriko atualmente é o meu mangá favorito da Jump também (junto com HunterXHunter e One Piece). Acompanho-o desde quando começou a ser serializado e gosto MUITO do mangá e acho que a série tem um potencial enorme a ser explorado ainda. É bem provável que realmente vire um “futuro clássico”. Enfim, leitura mais que recomendada.

    Gen:
    Tô acompanhando pelas edições da Conrad e, rapaziada, é muito difícil acreditar que aquilo saiu na Shounen Jump em plenos anos 70 (assim como tiveram o Devilman na Magazine e The Drifting Classroom na Sunday). O mangá mexe com o leitor de uma forma surpreendente. Só espero que a conrad publique a série até o final por aqui, porque é uma história que já passou da hora de ser publicada até o fim aqui no Brasil.

    Fora os citados, há uns mangás que eu colocaria nessa lista aí que gosto bastante:

    Kinnikuman:
    Sou fanboy mortal da série, isso eu não nego. Mas junto com Hokuto no Ken e Dragon Ball, foi um dos que mais contribuiu para a construção dos clichês que vemos sendo usados constantemente nos mangás de luta que temos hoje em dia. É um dos meus mangás favoritos (a ponto de ele ter sido um dos motivos que me fizeram entrar no mundo do scanlation).

    Ginga Nagareboshi Gin:
    Eu gosto desse negócio, acreditem. GNG chega a ser ridículo em alguns pontos, mas épico. Apesar de não ter lido o mangá inteiro na íntegra (assisti o anime que segue 100% a história do mangá, só que não tem o arco final e “li” as raws do mangá), e particularmente, tenho que admitir que a premissa de ver cachorros formando um bando para acabar com um urso selvagem é no mínimo, um pouco escrota, mas isso me motivou a continuar lendo ( e assistindo) GNG até o fim. Apesar de cachorros protagonizarem a série, alguns deles possuem muito mais personalidade que muito personagenzinho shounen genérico por aí, então, eu recomendo GNG.

    Sexy Commando Gaiden:
    Mais um que sou extremamente fanboy e que é um dos meus favoritos. Eu li, reli, traduzi e continuo achando o mangá extremamente engraçado. Eu ainda rio das piadas dele como se fosse a primeira vez que eu leio (e olha que já li umas 3 vezes, sem falar que o traduzi pro Shin Sekai Scans também), e digo com o pé fincado no chão que é o melhor mangá de comédia que eu já li. Eu recomendo pra quem curte uma comédia bem nonsense.

    Outros mangás que eu colocaria, mas não vou falar muito pra não fazer um comentário gigante (que já está): City Hunter, Hareluya II BOY, Mazinger Z, Ichigo 100% e talvez, Sakigake!!Otokojuku.

    ótimo podcast, pessoal, continuem assim!

  9. Eu acho q os aliens de gintama fazem referencia aos americanos, n sei se vcs ja se tocaram(posso estar chovendo no molhado), gosto muito de gintama, gosto de one piece, varias outras eu n li.
    Pra mim uma obra essencial da jump eh naruto q eu acho q superou todas os shounen passados e eh o meu preferido(n acho perfeito) e pelo q eu notei vcs n gostam muito dele, mas eu comecei a ler outros mangas pq eu lia naruto na internet e acho q isso deve ter acontecido com muitos outros, acho q naruto eh de longe a serie mais popular do brasil e talvez do mundo(tirando o japao), gostaria q vcs criassem um podcast falando dele e de outros sucessos ou q falassem a opinião de vcs sobre naruto em algum podcast.

    • Pelo contrário, eu gosto de Naruto (não sei os outros integrantes lol).
      Só acho que o autor dá umas mancadas graves em momentos muito importantes, como no começo da guerra, onde ele nos cansou com o uso extremo do Edo Tensei em personagens que ele só reviveu pra… nada(!!!).
      Fora algumas mancadinhas, que eu acho até normal em vários shonens, Naruto é uma ótima obra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s