Autores Undergrounds: Shintaro Kago

Shintaro Kago feelin' his work

“Well, my parents died when I was one, and the first time I stole I was five years old. I lost my virginity at six and was briefly into bestiality but got over it when I was around seven. Horses were the toughest, man. They’re so damn big.”
Este é o próprio mangáka quando questionado em entrevista: “Como foi sua vida escolar no fundamental?”
Shintaro Kago certamente é uma pessoa única. Pouco sabemos de seus passado, nasceu em Tokyo em 1969, mas pouco importa também, enquanto ele continuar dando entrevistas como estas, estarei feliz.
O autor se categoriza principalmente, por mangás curtos (3cap.) e oneshots de teor crítico, surreal e sexual. Por isso já vou avisando por aqui que todas as suas obras são para maiores de 18 anos, mas vão além disso, sendo assim se você for uma pessoa de estômago fraco, nem comece a ler.
Muitos categorizam seu estilo como Ero-guro, um movimento artístico no qual o autor representa de forma mais grotesca possiel cenas de sexo, mas sempre com um lado simbólico e filosófico por trás. Outros ainda falam que ele é a encarnação cuspida do superflat (mas a final de contas não é tudo superflat?). Ainda tem os que chamam a manifestação do dadaismo em mangás, já que suas obras não teriam o mínimo desenvolvimento lógico e nexo.
Acredito que Shintaro Kago seja tudo isso e nada disso ao mesmo tempo. O autor é Ero-guro, é sperflat, é dadaista, é tudo isso, mas é mais. O autor é experimentalista, brinca muito com a quarta parede, Shintaro criou um estilo próprio ainda sem nome, e provavelmente nunca terá já que não consigirá nenhum seguidor.
Super-Conductuve Brains Provavelmente sua obra mais conhecida (não que isso queira dizer muito), foi lançada na Young Jump (casa de Gantz e Elfen Lied) e teve por volta de 1 volume inteiro lançado. Este caso foge um pouco das carecterísticas gerais do mangaka, que é mais conhecidos por obras curtas. A história é um pouco complicada de explicar, mas é basicamente um futuro apocalíptico no qual os humanos usam corpos de gigantes como máquinas. O mangá acaba entrando naquele conflito filosófico de se essas máquinas são somente máquinas ou se contam ovelhas eletrônicas antes de dormir.
Multiplication Este aqui mostra muito bem como Shintaro gosta de brincar com a 4ª parede. Um quadro de mangá, conciente de que é um quadro, tenta criar uma história expandindo quadros dele mesmo e criando as infinitas possíveis continuações. Realmente muito criativo. http://www.mangatoshokan.com/read/Multiplication/0/1/1Oral Cavity Infecious Syndrom e Genesis Só pra ter uma idéia da variabilidade do autor, ele também escreve humor. É claro que depende bastante do seu sendo cômico, já que tem bastante humor negro, mas no geral ele consegue tirar um sorriso do canto esquerdo do seu rosto.
Um mangá conta a história da criação do mundo de uma forma bem distinta, e o outro é…..começa com……tem muio……sério, não dá pra descrever a história, leia que você vai entender
Eu tentei citar algumas obras mais leves (é sério), mas a bizarrice do autor não vai muito mais longe do que isso, ele até tem algumas obras mais voltadas pro Ero-guro, mas comparado ao que tem por ai, Kago é praticamente uma Disney de inocência e isso me agrada muito.
Mas não só de mangá vive Shintaro Kago, ele também é reconhecido por suas telas de arte, rendendo até uma exposição de arte em Amsterdã. Além disso foram feitos vários (mal)animados curtas de alguns capítulos do autor. Coisa trash, mas chega a ser cômico de tão nonsense.
Enfim, certamente uma personalidade única nesse úniverso de mangá, onde cada vez temos mais cópia de cópia de cópia. Shintaro Kago é bom pra dar uma refrescada na cabeça, experimentar coisas novas e sair do comum. Sendo assim, se você estiver afim de se aventurar no desconhecido e não tiver acabo de almoçar, então
Eu te recomendo, com muita moderação: Shintaro Kago.

9 Respostas para “Autores Undergrounds: Shintaro Kago

  1. O Shintaro Kago é genial, ele pega um amontoado de barbaridades e consegue passar com uma ideia racional com aquilo. Tipo, lendo séries do estilo grotesco do ero-guro, descobri muita coisa bacana em cima da devassidão. Mas Shintaro usar tudo isso de forma ainda mais brilhante e como você disse, sempre com um fundo simbólico e filosófico por trás. É chocante? É chocante caramba, mas também é divertido, é provocante, é sádico e amoral. Ele joga marotamente o sal na ferida e faz a sua crítica social. E é como vocÊ disse, é humor negro caralho, esteja ciente disso HUEHUEHUEHUEHUEHU. Acho que, se – é que -dá pra dizer que existe alguém mais pop e palatável nesse meio grotesco, Shintaro é esse cara.

  2. Tem uma perspectiva perturbadora/pervertida/nonsense/trash em desconstuir e em seguida reconstruir temas que tangem a intocabilidade do sexo & violência.Ele vê o ser humano como um amontoado de peças,idéias e potencialidades palpáveis gerando absurdos com limites imaginativos e gostos questionáveis.(Vide a pochete vermelha)

  3. Ah não ser….. que ele já soubesse o quão questionável é usar um pochete vermelha, e esperando uma reação padrão, resolver tecer uma análise crítica sócio cultural, ou provavelmente é só mal gosto mesmo.Enfim, é trash alem do do inimaginável, um cara que consegue fazer piada sobre sexo oral sem descer pra nível Zorra Total, certamente merece meu respeito.PS: Exposição de arte em alguma casa em Amsterdã, e por acaso existe algo mais underground que isso?

  4. Acho que o acessório é só um gosto mesmo. XDTão underground quanto seria a tal exposição naqueles espaços culturais do metrô ,talvez lá em Amsterdã mesmo.(Entedeu a infâmia?) XP

  5. Pingback: Say Hello to Black Jack – Primeiras impressões | Ao Quadrado²·

  6. Pingback: Death Panda | Ao Quadrado²·

  7. Pingback: Shintaro Kago: 5 one-shots | Ao Quadrado²·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s