Prison School

Uma divertida mistura entre Prison Break e To Love-Ru: Prison School

Prison School (Kangoku Gakuen) é um mangá escrito e desenhado por Akira Hiramoto, mesmo autor do já resenhado por aqui Me And The Devil Blues. A obra está sendo publicada desde 2011 na Young Magazine e possui até agora 3 volumes publicados e também já scaneados.

O mangá conta a história da Hachimitsu Academy, uma colégio muito tradicional e rígido que neste ano está passando por uma trágica mudança. A escola que até então só aceitava garotas, neste ano também estará permitindo a matrícula de garotos. No entanto, quando o jovem Fujino Kiyoshi chega em seu primeiro dia de aula, ele percebe que somente ele e mais quatro outros fizeram a matrícula, tornando a proporção de garotos para garotas de 1:200.

Não que esse cenário ajude em algo para os 5 rapazes, já que parece que nenhuma das garotas não quer nem ao menos reconhecer a existência deles, quanto menos ainda conversar com o quinteto. Tudo anda “normal” para os padrões da história, até que os cinco resolvem tentar espiar o banho das garotas no maior clima de “11 Homens e 1 segredo”:

Só que aqui os 5 rapazes são pegos durante a missão e são condenados pelo concelho secreto do colégio a um mês numa espécie de prisão-escolar. Um lugar onde serão tratados feito prisioneiros da mais baixa categoria, tudo servindo como propósito de  reabilitação-social para quando voltarem ao colégio… mas as coisas não serão tão simples. Kiyoshi já tinha combinado um encontro com a garota de seus sonhos, encontro que acontecerá antes do prazo de 30 dias, ou seja, ele terá que fugir dessa prisão.

“Contraste” e a melhor palavra pra definir esse mangá. Pela sinopse acho que já deu pra perceber que a história é totalmente irreal e maluca. O mangá possui situações completamente impossíveis, é cheio de reações de personagens exageradas e de sobra o ecchi voa livre nessa obra. O interessante nisso é que mesmo que com toda essa maluquice, o autor consegue manter um nível de seriedade muito alto na série, parece mesmo um filme de fuga da prisão. Como é possível fazer isso? Se já se perdeu o enredo, só sobrou a arte.

Quem já leu  Me And The Devil Blues do autor, sabe que a arte de Akira Hiramoto consegue ser excepcional, é um traço muito realista, cheio de pontos de criatividade e alguns efeitos muito originais. Em Prison School no entanto, ele não utiliza a sua habilidade 24 horas como fez no manga sobre Jazz, aqui ele sabe controlar muito melhor. Quando a cena tende mais para o humor, ele sabe simplificar bastante o traço, mas quando o drama reina o momento (mesmo que seja um drama propositalmente exagerado pra causar humor), o traço muda para algo parecido com sua obra anterior. E é neste contraste entre contraste entre o enredo bobão e a arte realista que surge o humor.

É engraçado isso, normalmente não sou muito fã de mangá de comédia, mas não posso deixar de adorar Prision School. Não é um humor que poderia ser classificado como “inteligente”, mas novamente é esse drama propositalmente forçado na arte, aplicado em situações que não exigiriam tal trabalho, é causaum riuso um pouco mais refinado. Ou pelo menos mais refinado do que normalmente vemos em vários mangas por aí

Não sei se estou conseguindo passar decentemente o clima que a obra passa, mas acho que a frase inicial do post define bem. É como se adicionássemos ao drama e seriedade de Prison Break o humor e o ecchi de To Love-Ru, fica melhor do que parece. O mangá tem TODO o clima de um típico filme de “fuga da prisão”, quem conhece o autor sabe que ele tem capacidade pra isso, a diferença é que o clima serio é exagerado ao extremo e aplicado em situações ridículas, é um humor muito diferente do que se normalmente tem em arte sequencial em geral, não só mangás, realmente vale a pena a leitura.

Então, se você quer ver um humor diferente, presenciar um ecchi bem aplicado e se impressionar com essa arte maluca de  Akira Hiramoto…

Eu lhes recomendo: Prison School

http://www.batoto.net/comic/_/comics/prison-school-r1011

10 Respostas para “Prison School

  1. Massa! Esse deu mta vontade de ler, assim como o Blues (o dificil é eu ler de verdade, ainda mais num periodo de aulas)
    Ps: a proporção de homens é mais ou menos a do meu curso. hahahha

  2. AHUSUAUHS Q COINCIDENCIA MEU !

    comecie ler esse manga essa semana muito foda, comedia d+
    vc devia ter posto a imagem do salto alto do cap 16 !!

    a mais um fato.

    GAKUTO É O CARA MAIS DETERMINADO NO MUNDO !

    se o seiya fosse determinado igual o gakuto a athena nen teria levado uma flexada pra começo de conversa !

    • Juro que até pensei em colocar essa cena, mas acabei nem fazendo porque acho que seria agressivo demais para uma introdução do mangá.

      Pensei em colocar tmbm a cena em que o Gakuto (spoiler) caga nas calças, umas das melhores cenas do mangá (/spoiler) , mas acho que ficaria mu ito fora de contexto.

  3. Intereçante a ideia do manga. Não sou fã de ecchi mas darei uma olhada.

    Sempre q venho aqui eu acabo adicionando um manga no minimo na ptr XD

  4. Sem duvida um ótimo manga, e é daqueles que depois que você começa a ler, não da para parar mais.
    Uma pena que ainda tem pouca coisa, e não é do tipo de coisa que fica legal de se ler em partes.

  5. Acho que a definição melhor do traço usado por ele não mangá não é “realista” e sim caricato, ele usa a grande habilidade dele em definir expressões a a faz de forma detalhista, e é ai que entra o fator caricato, é o que ele usa para expressar o humor. Dessa forma ele pode passar o quanto é “podre” a conduta ou ações dos personagens ou o quão patética é a forma que eles enfrentam ou encaram certas situações.
    Estou adorando esse blog, achei por um post seu lá no meu, mundo mangá, sorte a minha.
    abraço 0/

  6. tem muito ecchi mais a comedia e meio sem graça,
    por causa bater nos cara toda hora e eles nao esboçarem reação fica chata.
    quando o manga e assim a pessoas querem ver atitude nos caras. mais como sempre caras desse tipos de manga e raro demostrar uma atitude, mais e bom o manga muito comedia se olhar por outro lado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s